Por unanimidade, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, reunida em sessão de julgamento, na manhã desta terça-feira, dia 3, negou um pedido de liberdade provisória ao paciente, Washington Herberth Batista da Silva. O réu é acusado de praticar os crimes de tráfico de drogas, assaltos e arrombamentos, no Conjunto Ernesto Geisel, em João Pessoa.

A relatoria foi do desembargador Leôncio Teixeira Câmara e o voto foi em harmonia com parecer do Ministério Público.

Conforme a denúncia, o acusado foi preso no dia 25 de julho do ano passado, em sua residência, localizada na Rua Filadelfio de Carvalho, Conjunto Ernesto Geisel. Na oportunidade, ele portava 48 papelotes de cocaína.

Washington estava em companhia de mais duas pessoas; Maximillian Carlos e Antônio Carlos.

A defesa, em fase de preliminar, alegou que os defensores do réu não foram notificados para apresentarem defesa escrita no prazo de dez dias. Contudo, o relator disse que nas folhas 23 do processo, existe um despacho proferido pelo Juízo da 8ª Vara Criminal, para a devida notificação dos advogados. O réu foi notificado pessoalmente, como também seus dois advogados constituídos, de acordo, com nota de foro, explícita nas folhas 70, e ainda foi nomeado defensor público.

“No mérito, em relação ao excesso de prazo de réu preso, vejo desfundamento no pedido, já que são três réus e a soltura de um deles neste momento, atrapalharia a instrução processual”, argumentou o relator.

Fonte: Ascom/TJ
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

De olho em 2020: PSD anuncia novo presidente da sigla em João Pessoa

O Partido Social Democrático na Paraíba (PSD-PB), anunciou nesta segunda-feira (17), através do seu presidente estadual e prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, a indicação de Marmuthe Cavalcanti como novo…

20 governadores agem para barrar ataques de Bolsonaro

A tensão entre governadores e o presidente Jair Bolsonaro vem crescendo nos últimos dias. Após atritos causados pela proposta de recriar o Ministério da Segurança Pública, no fim de janeiro,…