Por pbagora.com.br

A tenente-coronel Christiane Wildt Cavalcante Viana foi nomeada pelo comandante geral da Polícia Militar, coronel Jácome Carvalho, diretora geral do Hospital Edson Ramalho. A nomeação foi publicada na sexta-feira (20), no boletim interno da PM, onde constam também as nomeações do coronel Roderico Toscano e 1º tenente Ronaldo Miguel Bezerra, respectivamente, para as diretorias de Saúde e Administrativa.

A nova diretora geral do Hospital Geral “General Edson Ramalho” tem como metas prioritárias a humanização aos pacientes e a melhoria e dignidade no atendimento aos militares e familiares. O Hospital possui cerca de 150 leitos.

A tenente-coronel Christiane levantamento da atual situação do hospital e das necessidades mais urgentes, bem como estudos para reforma dos setores de urgência e emergência e ainda a instalação do centro de diagnóstico e imagem de qualidade. No início da tarde desta quarta-feira (25), a nova diretora do hospital visitou alguns setores, entre eles as enfermarias feminina e masculina.

Chistiane ingressou nos quadros da Polícia Militar após participar do Curso de Formação de Oficiais, em 1987. Chegou ao posto de tenente-coronel em 2002. Já exerceu várias funções, entre elas, a chefia da Sessão de Comunicação Social do Comando Geral e ultimamente era coordenadora do Ambulatório Médico. Possui os cursos de enfermagem e psicologia com formação clínica e comportamental.
 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça frustra pedido de Coriolano e Márcia Lucena para retirar tornozeleira

O Superior Tribunal de Justiça negou nesta quarta-feira, dia 12, os dois agravos regimentais impetrados pelas defesas de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho e da prefeita de Conde,…

Análise: Reforma da Previdência é aprovada em 1º turno na ALPB e relator diz que pagamento de aposentadorias e pensões estaria em risco

A reforma da Previdência apresentada pelo governo Federal em 2019, e aprovada pelo Congresso naquele mesmo ano, foi algo nocivo à sociedade, pelo menos do ponto de vista do cidadão.…