A Primeira Câmara Deliberativa do Tribunal de Contas do Estado mandou o atual prefeito de Catingueira, José Edvan Félix, devolver a importância de R$ 184,5 mil por excesso de custo em obras executadas durante sua primeira gestão, em 2006. O gestor também foi multado em R$ 2.805,10 de acordo com parecer do conselheiro Fábio Nogueira, relator do processo, aprovado em plenário.

Ainda na sessão desta quinta-feira (12/03/09), a Primeira Câmara multou em R$ 2.805,10 o ex-prefeito de São José dos Cordeiros, Paulo Romero Medeiros, por irregularidades na aquisição de combustíveis durante sua gestão. O processo teve como relator o conselheiro José Marques Mariz, também presidente da Primeira Câmara.

Ex-dirigentes de órgãos governamentais também foram multados por irregularidades em suas gestões. O ex-superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Paulo José Souto, terá que pagar multa de R$ 2.805,10 por ter feito um realinhamento de preços em contrato sem precisão no mesmo, conforme relatoria do auditor substituto de conselheiro, Umberto Porto.

O ex-presidente Edvan Pereira Leite e o ex-diretor Ricardo Cabral Leal, ambos da Cagepa, foram multados em R$ 1 mil por irregularidades em processo de dispensa de licitação para execução obras de melhoria do sistema de abastecimento d’água do município de Santa Cruz.
 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPPB comemora os 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

“Não cale a voz da criança e do adolescente”. É o recado que o Ministério Público da Paraíba deixa a sociedade, por ocasião do 30º aniversário do Estatuto da Criança…

Vítima morre ao cair de moto durante acidente em Soledade

Uma pessoa morreu, na cidade de Soledade, após cair de moto no km 214 da BR-230, nesse domingo (12). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o condutor da…