Por pbagora.com.br

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) acatou representação da Associação de Deficientes e Familiares (Asdef) e suspendeu do concurso da Polícia Civil que seria realizado no próximo domingo (29).
 

A associação questionou no TCE a inexistência de vagas para portadores de deficiência no cargo de delegado e o teste de capacidade física para os deficientes.
 

Outra falha do edital detectada pela Asdef e acatada pelo TCE refere-se à incompatibilidade de testes de capacidade física exigidos. A ação pede a retirada dos testes para os cargos de escrivão, perito e delegado aos portadores de deficiência física.
 

O Ministério Público também se manifestou a favor da suspensão do concurso da Polícia Civil. Agora, a Associação de Deficientes e Familiares aguarda que o Estado cumpra a determinação do TCE e o publique o edital com as retificações exigidas sem recorrer.
 

Da Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo da PB garante pagamento do Garantia Safra para mais de 53,6 mil agricultores familiares

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido, realizou o pagamento do aporte ao Programa Garantia Safra. O valor do aporte como contrapartida…

Oito linhas de ônibus recebem reforço nesta segunda na capital

Oito linhas de ônibus recebem reforço com veículos extras, a partir de hoje (10), em João Pessoa. A Superintendência de Mobilidade Urbana da capital paraibana (Semob-JP), afirmou que a medida…