A Paraíba o tempo todo  |

Sucatas de veículos leiloadas pela PRF serão compactadas amanhã

 Terá início amanhã (11), na unidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Terezinha, localizada no quilômetro 144 da BR 230, o trabalho de compactação dos veículos (sucatas) leiloados no último mês de junho.

 

O leilão foi promovido pela PRF em junho e pôs a disposição um total de 394 veículos divididos em 178 lotes. Eles foram recolhidos em fiscalizações por apresentarem irregularidades diversas e nunca foram resgatados por seus proprietários. Alguns lotes foram compostos por veículos conservados, e outros, apenas por sucatas.

 

Garantia de não reaproveitamento – A compactação das sucatas arrematadas não serve apenas para facilitar o transporte, já que acaba ocupando menos espaço, mas é feita principalmente para garantir que nenhuma delas seja reaproveitada no mercado de peças usadas. Na realidade as sucatas são usadas por indústrias siderúrgicas onde estas reciclam o aço para ser utilizado na fabricação de novas peças.

 

Meio ambiente – Antes da compactação todo o resíduo líquido (combustível e óleo) é coletado para que não aja qualquer tipo de contaminação do meio ambiente. O leilão em si já é uma ação de prevenção de possíveis contaminações do meio ambiente, pois a permanência dos veículos nos páteos da PRF por longo tempo pode causar algum tipo de impacto poluente no solo.

 

A PRF planeja para este ano a realização de outros dois leilões. É importante que os proprietários tentem regularizar a situação dos veículos que encontram-se nas unidades da PRF na Paraíba enquanto há tempo. Todos os veículos recolhidos há mais de sessenta dias entram no programa de leilões da Polícia Rodoviária Federal.

 

Acompanhamento da imprensa – A equipe de imprensa que quiser acompanhar o trabalho de compactação poderá ir até a unidade da PRF de Santa Terezinha. Recomendamos chegar ao local às 11h para tomada de imagens da operação da prensa compactadora.

 

Ascom

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe