A decisão tomada pelo Superior Tribunal de Justiça de manter o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) em liberdade irá se estender também a prefeita do município de Conde, Márcia Lucena, a ex-secretária de Estado Cláudia Veras, além de outros investigados na Operação Calvário, do Ministério Público da Paraíba.

O colegiado não viu a necessidade de prisão dos citados tendo em vista a inexistência de elementos concretos que apontem continuidade de atividade criminosa no Governo da Paraíba.

O ministro do STJ, Nefi Cordeiro, escreveu que não vê “riscos justificáveis para a prisão cautelar. Já tivemos buscas e apreensões e não há qualquer tentativa de atrapalhar colheita de provas e fuga”, afirmou.

O advogado Francisco Chagas, além de outros, também deverão ser beneficiados.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Alerta de perigo potencial de chuvas é emitido pelo Inmet para toda a PB

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), emitiu um novo alerta amarelo de chuvas com perigo potencial para toda Paraíba. De acordo com o alerta, todos os 223 municípios paraibanos estão…

Mais de 25 mil famílias não pagarão conta de água à Cagepa até junho

Os usuários da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Carepa) que estão inseridos na categoria Tarifa Social terão a cobrança de suas faturas suspensas. A medida foi anunciada nesta…