O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros ressaltou que não há qualquer intenção por parte do estado de subnotificar casos confirmados ou mortes que possam ocorrer por conta do coronavírus na Paraíba.

De acordo com o médico, a quantidade de casos vem sendo atualizada diariamente e as ações precoces do governo auxiliaram no combate a doença. Ele destacou ainda os treinamentos oferecidos aos profissionais da Saúde para lidar com casos suspeitos de infecção pelo vírus.

Ainda segundo o secretário a Paraíba foi elogiada pela Agência Brasileira de Inteligência, por ser um dos poucos estados que tomaram medidas precoces na busca de conter o avanço do vírus.

“A Paraíba e a Secretaria de Saúde foram elogiadas pela Abin, pois somente aqui e mais dois estados tomaram medidas precoces para combater o coronavírus”, disse.

Geraldo também desabafou, alegando que existem pessoas que ao invés de se alegrar com os poucos casos registrados na Paraíba, parecem que querem ver os números aumentarem.

“Há uma série de elementos que justificam esse baixo número de casos na Paraíba. Isso me surpreende, pois parece que tem pessoas torcendo para que tenha mais casos e mais mortes”, declarou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wilson Filho critica individualismo da Unimed-JP após judicialização de lei que amplia atendimento

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) criticou a Unimed João Pessoa por judicializar a lei 11.686/2020, denominada de “Fila Zero”, que permite ao Governo do Estado internar pacientes do Sistema…

Governo da PB presta contas das medidas tomadas até agora durante a pandemia

A contratação de profissionais de saúde, a ampliação de leitos, aquisição de testes rápidos para alta testagem da população e abertura de novos hospitais estão entre as principais medidas tomadas…