Por pbagora.com.br

“Estamos preparados para dar uma resposta rápida e positiva”, afirma presidente da Docas-PB após simulado de emergência

 

Aconteceu, na manhã desta quarta-feira (27), mais um exercício de emergência no entorno do Porto de Cabedelo. A ação faz parte do Plano de Ajuda Mútua da Cidade de Cabedelo (Pamcic) e, neste ano, simulou uma colisão entre dois caminhões e um veículo de pequeno porte, com derramamento de combustível, resgate a vítimas e princípio de incêndio.

“Nossa palavra é de agradecimento e responsabilidade. Agradecimento por todos que se envolveram direta ou indiretamente; e responsabilidade porque avalio que estamos preparados para dar uma resposta rápida e positiva”, afirma a presidente da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo. “O simulado foi uma confirmação da nossa eficiência”, acrescenta.

Este é o terceiro exercício de emergência realizado desde 2017, quando foram retomadas as atividades do Pamcic. “Com muito comprometimento, ampliamos o simulado, envolvendo várias situações e podemos afirmar que nossa equipe está preparada para sinistros de várias naturezas”, avalia o major Antônio da Silveira, comandante da 1ª Companhia Independente de Bombeiro Militar de Cabedelo.

“Precisamos estar juntos e alinhados para que possamos reduzir os erros e prestar todo o apoio necessário”, pontua Fernando Macedo, secretário da Defesa Civil de Cabedelo. Depois do exercício, que foi realizado na BR-230, na altura do Cabedelo Clube, os envolvidos fizeram uma reunião de avaliação e será ainda construído um relatório para detalhar os acontecimentos. “Nossa avaliação é extremamente positiva. Todos se empenharam bastante e isso prova nossa preocupação com a segurança de toda a comunidade portuária”, conclui Lusielson Pereira, técnico em Meio Ambiente da Docas-PB e um dos responsáveis pelo simulado.

Simulado volta a ser periódico – De acordo com a Cia. Docas, o Pamcic ficou inativo por um longo período e foi reativado em 2017. Desde então, são feitas reuniões periódicas com o objetivo de alinhar o plano de segurança e ainda atrair outras entidades. O primeiro exercício simulou o transbordamento de um tanque de combustível e, em 2018, com o apoio da Capitania dos Portos da Paraíba, foi simulado o derramamento de combustível na região do cais do Porto de Cabedelo. A operação deste ano foi a maior já realizada no Pamcic.

Entes envolvidos no Pamcic ­– Pelo menos 14 órgãos, empresas ou entidades participaram do simulado de forma direta ou indireta: Companhia Docas da Paraíba; Corpo de Bombeiros Militar; Policia Militar; Defesa Civil de Cabedelo; Guarda Municipal de Cabedelo; Secretaria de Mobilidade Urbana de Cabedelo; Secretaria de Saúde de Cabedelo, Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura de Cabedelo, Transpetro, Transporte Rodoviário Nordestino, Policia Rodoviária Federal, Bombeiros Civis, Liga de Emergência e Trauma da Paraíba e Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba.

 

Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Adolescente de 16 anos é estuprada após pegar carona com desconhecido, na PB

Uma adolescente de 16 anos foi estuprada em um matagal, na tarde de ontem, domingo (28), após pegar carona com um desconhecido, em uma motocicleta, no momento em que seguia…

Tribunal de Contas da Paraíba celebra 50 anos de instalação

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba completa, nesta segunda-feira, 1º de março, 50 anos de instalação e funcionamento, com uma atuação marcante na fiscalização das contas públicas. O…