Durante participação no Seminário Voz de Rebate, realizado na manhã desta sexta-feira em João Pessoa, o senador Magno Malta (PR- ES) revelou que já tinha conhecimento das investigações sobre envolvimento do prefeito de São Bento com pedofilia e foi mais além: assegurou que, na Paraíba, o crime de prostituição infantil envolve não apenas agentes políticos, mas também juízes, colunáveis e outras figuras públicas.

Magno Malta faz palestra no seminário, no auditório do SESI, em João Pessoa, como presidente da CPI da Prostituição Infantil do Senado Federal.Participam também do evento os deputados Federais Henrique Afonso Pedro Ribeiro e João Campos.

O senador do Espírito Santo alertou as autoridades para o problema da exploração sexual de crianças e jovens em todo o país, assegurando que esse tipo de crime vem alcançando um crescimento notável, não apenas no Brasil, como no mundo inteiro.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem é morto a tiros quando saía de bar, em Santa Rita

O distrito de Bebelândia, na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, voltou a ser palco de mais um assassinato. Dessa vez o crime aconteceu na madrugada deste…

SOS Transposição: padre Djacy elege RC ‘o porta voz do povo sofrido”

Padre sertanejo, conhecido por seu envolvimento nas causas sociais, sobretudo na luta pela água para a região Nordeste, o pároco Djacy Brasileiro também está engajado na campanha encabeçada pelo ex-governador…