Por pbagora.com.br

 A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) aproveita as férias das instituições de ensino para realizar a vistoria nos veículos que prestam o Serviço de Transporte de Escolares na Capital. Os 437 veículos cadastrados são avaliados semestralmente conforme determina o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) em seu art.136 inciso II, para assim dar mais segurança aos estudantes e tranquilidade aos pais.

No primeiro semestre do ano, a inspeção terá início a partir da próxima segunda-feira (02) e vai até o dia 27 de Janeiro, das 8h às 14h na sede do órgão (km 25 da BR-230, no bairro do Cristo Redentor), obedecendo a um cronograma de quatro semanas por ordem de registro do veículo (quadro abaixo). A Divisão de Transportes (DTRA) está prevendo um atendimento diário de 20 veículos. Na Capital, pelo menos seis mil crianças e adolescentes são transportados por dia em veículos escolares.

Itens – Durante a inspeção são observados itens de segurança, equipamentos obrigatórios, como também higiene e conforto tais como: faroletes e sinaleiras, bancos, forros, funilaria e pintura, tacógrafo, extintor, pneus, cintos de segurança, trava das portas, buzina, Pará-brisas, etc, checando no total 40 itens dos veículos. Também é verificado se as faixas laterais e traseiras estão de acordo com as normas que regulamentam o Serviço de Transporte de Escolares.

Documentos – Durante o processo de renovação da vistoria também são verificados os documentos do veículo e do condutor, tais como a carteira nacional de habilitação, alvará de licença da permissão, certificado de registro e licenciamento com seguro obrigatório, certificado de verificação do tacógrafo, certificado de curso de condutor escolar (Conforme Resolução do Contran 168/2004), crachás do permissionário e de seus auxiliares como os de acompanhante e motorista auxiliar.

Taxa – A vistoria tem uma taxa fixada em R$ 65,64. O permissionário deve seguir o período de vistoria determinado pelo órgão gestor, mas pode até antecipar a inspeção. Caso perca a data programada no calendário, será cobrada uma multa no valor de R$ 24,62.

Os Transportes de Escolares não aprovados na inspeção podem ter um prazo, de acordo com o tipo de irregularidade encontrada no veículo para sanar o problema. No entanto, os itens referentes à segurança e equipamentos obrigatórios devem ser regularizados imediatamente. Se isso não ocorrer, o permissionário fica impedido de prestar o serviço.

Selo – Ao ser aprovado, o veículo recebe um selo adesivo na cor marrom, correspondente à vistoria do primeiro semestre do ano, que é afixado no pára-brisa dianteiro. A Semob recomenda aos pais dos alunos que antes de contratar o serviço procurem se informar junto à Divisão de Transportes (3218-9350) se o veículo está devidamente cadastrado e regularizado. “Essa é a melhor forma de garantir a segurança dos alunos”, alerta o Chefe da DTRA, Leonardo Albuquerque Campos.

Fiscalização – O Chefe da Seção de Fiscalização de Transporte Público Sérgio Murilo informa que no início das aulas, realizará operação intensiva e contínua com uma equipe de agentes de mobilidade urbana para coibir o Serviço de Transporte de Escolares irregular no entorno dos estabelecimentos de ensino. Informações e reclamações: 0800 281 1518/3218-9330 e 3218-9335.

Vistorias- período de 02/01 A 27/01 de 2017 (1º Semestre)

1ª SEMANA: DE 02 A 06/01/2017
DIA REGISTROS
02 DE 0001 A 0020
03 DE 0021 A 0040
04 DE 0041 A 0060
05 DE 0061 A 0080
06 DE 0081 A 0100

2ª SEMANA: DE 09 A 13/01/2017
09 DE 0101 A 0120
10 DE 0121 A 0140
11 DE 0141 A 0160
12 DE 0161 A 0180
13 DE 0181 A 0200

3ª SEMANA: DE 16 A 20/01/2017
16 DE 0201 A 0220
17 DE 0221 A 0240
18 DE 0241 A 0260
19 DE 0261 A 0280
20 DE 0281 A 0300

4ª SEMANA: DE 23 A 27/01/2017
23 DE 0301 A 0320
24 DE 0321 A 0340
25 DE 0341 A 0360
26 DE 0361 A 0390
27 DE 0391 A 0435

 

Secom-JP

Foto: assessoria Semob

Notícias relacionadas

MP apura superfaturamento em locação de carros em cidades da PB

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) constatou possíveis casos de superfaturamento ocorridos em procedimentos licitatórios ou contratações diretas realizadas em 2020 por 25 municípios paraibanos, referentes ao serviço de locação…

Novos selos fiscais para vasilhames de água entram em vigor na PB

Neste mês de maio, entrou em vigor no Estado da Paraíba o decreto com regras dos novos formatos técnicos de selos fiscais para vasilhames de 20 litros de água mineral,…