A Paraíba o tempo todo  |

Covid: Semob-JP cobrará cumprimento de protocolos pelas empresas de ônibus

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) deverá fiscalizar com mais intensidade os transportes coletivos da Capital, após denúncias de superlotação e falta de cumprimento dos protocolos contra a a contaminação pelo novo coronavírus.

Na noite desta terça-feira (19), o procurador do Trabalho Eduardo Varandas pediu abertura de inquérito para investigar a superlotação nos transportes coletivos, resultando em aglomerações e aumentando a possibilidade de contaminação.

O superintendente da Semob-JP, George Moraes, afirmou nesta quarta-feira que órgão já começou a trabalhar com as empresas de transporte coletivo com o intuito de identificar linhas e horários onde vem sendo registrado excesso na quantidade de passageiros por ônibus. “A primeira medida a ser tomada será a implantação de novos veículos e novas viagens para que possa ser atendida a demanda nos horários de pico”, garantiu Moraes.

Ainda de acordo com George, a Semob-JP tem fiscalizado as empresas e observado o número de passageiros transportados e reconhece que há superlotação. “Em horários específicos, em linhas isoladas. A Semob tem consciência desde o início dessa nova gestão e em parceria com as empresas pretende tomar as medidas necessárias para a melhoria dos serviços”, afirmou o superintendente.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe