Por pbagora.com.br

 Garantir um transporte escolar de qualidade para as crianças e tranquilidade para os pais. É o objetivo da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), ao iniciar a fiscalização dos veículos que prestam o serviço na cidade. Uma equipe vem realizando blitz no entorno nos estabelecimentos de ensino com grande demanda de alunos desde segunda-feira (17) para coibir irregularidades.

Para o trabalho foram designados 10 agentes de mobilidade urbana

( divididos por turno), que este ano contarão com a parceria do Batalhão de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar (BPTran). O grupo segue um cronograma semanal de visitas para atingir a maioria das escolas, principalmente as particulares, atendidas por grande parte das vans escolares.

Nesta quarta-feira (19) foram fiscalizados os veículos que fazem o transporte escolar, embarcando e desembarcando estudantes em um colégio particular próximo à Praça da Independência. Por duas horas, os agentes de mobilidade verificaram se os veículos estavam com o selo cor vinho, comprovando que haviam passado pela inspeção na Semob. Os carros clandestinos também estão sendo alvo da fiscalização e serão apreendidos caso sejam flagrados transportando alunos.

Penalidades – O permissionário, flagrado transportando estudantes com veículo sem o selo de vistoria atualizado, será autuado pela fiscalização e vai pagar multa de R$ 85,13 na primeira abordagem. Havendo reincidência o carro será apreendido e a multa será de R$ 527,00 (20 Ufir), conforme Lei Municipal 44/2007. Os clandestinos serão autuados e apreendidos logo na primeira abordagem e pagarão multa de R$ 527,00.

As blitzen coíbem a atuação de permissionários que não fizeram ou não foram aprovados na vistoria, bem como os clandestinos. O diretor de Operações da Semob, Cristiano Nóbrega, informou que a operação busca impedir a atuação de pessoas no transporte escolar com veículos sem condições de segurança para prestar o serviço ou mesmo sem permissão, no caso dos clandestinos. “Esse trabalho vai se estender durante todo este primeiro semestre, assim garantimos um transporte de qualidade para as crianças e tranquilidade para os pais”, disse o diretor.

Atualmente estão cadastrados na Semob 430 veículos que fazem transporte escolar. A população pode ajudar a fiscalização, denunciando pelos telefones 0800 281 1518, 3218 9330/ 9336 ou 3218-9335.

 

Secom-JP

Notícias relacionadas

Mãe do jornalista e servidor da CMJP Paulo de Pádua morre por complicações da Covid

Morreu nesta terça-feira (13) a mãe do jornalista Paulo de Pádua, servidor da Câmara Municipal de João Pessoa. Daura Camelo de Vasconcelos, de 98 anos, faleceu dormindo, no início da…

MP solicita à Secretaria de Saúde planilhas sobre distribuição de vacinas na Paraíba

O Ministério Público da Paraíba e o Ministério Público do Trabalho requisitaram planilhas e documentos com o total de doses da vacina contra covid-19 recebidas por cada município e a…