A Paraíba o tempo todo  |

Segurança: Reunião entre MP e CBTU é adiada para terça

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A reunião do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) com representantes da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e da Companhia Ferroviária do Nordeste (CFN), marcada para esta sexta-feira (13) foi adiada para a próxima terça-feira (17). A reunião vai discutir as medidas que serão tomadas para evitar acidentes de trânsito e garantir mais segurança aos usuários do transporte ferroviário, nos municípios da Grande João Pessoa.

Essa será a segunda vez que o MPPB se reunirá com a CBTU para discutir o assunto. O encontro ocorrerá, às 9h, no primeiro Centro de Apoio Operacional às Promotorias (Caop), no Centro de João Pessoa. Deverão participar da reunião o coordenador do 1o Caop, Hamilton de Sousa Filho, o promotor de Defesa do Consumidor, Glauberto Bezerra, o promotor do Cidadão da Comarca de Cabedelo, Valério Bronzeado e o da Promotoria de Santa Rita, Manoel Serejo.

Na primeira reunião, realizada em fevereiro, a CBTU se comprometeu a apresentar um estudo sobre o fluxo de veículos e de pessoas nas passagens de nível da linha do trem nos trechos referentes aos municípios de Santa Rita e Cabedelo. O estudo deve apontar os pontos considerados mais vulneráveis a acidentes para que sejam construídas cancelas eletrônicas nesses locais. “De posse do relatório que deverá ser entregue no dia 11, vamos nos reunir com a CBTU para dizer em quais das 22 passagens de nível há maior intensidade de tráfego e para estipular a construção de, pelo menos, cinco passagens”, explicou o promotor de Justiça, Hamilton de Sousa Filho.

Segundo ele, as duas reuniões do MPPB com a CBTU foram solicitadas pelo promotor de Defesa do Cidadão da Comarca de Cabedelo, Valério Bronzeado, que estava preocupado com o crescente número de acidentes ocorridos na linha do trem, no trecho localizado na Praia do Jacaré. Segundo a CBTU, em 2007, foram registrados dois acidentes de trânsito nas linhas de trem. Em 2008, o número de colisões subiu para nove. “A expectativa dessa reunião é de que seja elaborado um cronograma para a colocação das cancelas nas principais passagens de nível. O objetivo é garantir a segurança das pessoas e evitar os acidentes”, disse Hamilton.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe