A Secretária de Educação do município de Campina Grande, Iolanda Barbosa, ficará detida, temporariamente em um dos presídios da cidade.

A gestora, que já foi afastada do cargo por decisão judicial, foi ouvida pela Polícia Federal das 9h até às 13h desta quinta-feira (25).

Após o depoimento, Iolanda foi encaminhada para a audiência de custódia e passou pelo exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal, em Campina Grande.

Iolanda foi afastada do cargo por decisão da Justiça após a deflagração da Operação ‘Famintos’, ocorrida nessa quarta-feira, 24. Ela apresentou-se à sede da Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (25).

A Operação Famintos investiga fraudes em licitação e desvio de recursos públicos da merenda escolar.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Farmácias de Cabedelo são obrigadas a baixar preços do álcool em gel

Uma fiscalização em todas as farmácias da cidade de Cabedelo, realizada pelo Procon, verificou a disponibilidade e os preços do álcool em gel, principal insumo na prevenção ao Covid-19. Apenas…

João propõe linha de crédito especial para pagamento de ICMS

O governador João Azevêdo sugeriu ao Fórum de Governadores do Brasil uma proposta que visa à criação de uma linha de crédito especial para as empresas alongarem o pagamento do…