A Secretária de Educação do município de Campina Grande, Iolanda Barbosa, ficará detida, temporariamente em um dos presídios da cidade.

A gestora, que já foi afastada do cargo por decisão judicial, foi ouvida pela Polícia Federal das 9h até às 13h desta quinta-feira (25).

Após o depoimento, Iolanda foi encaminhada para a audiência de custódia e passou pelo exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal, em Campina Grande.

Iolanda foi afastada do cargo por decisão da Justiça após a deflagração da Operação ‘Famintos’, ocorrida nessa quarta-feira, 24. Ela apresentou-se à sede da Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (25).

A Operação Famintos investiga fraudes em licitação e desvio de recursos públicos da merenda escolar.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Litoral da PB tem seis praias impróprias para banho; maré alcança 1,9 m

O Litoral paraibano tem seis praias impróprias para banho neste final de semana segundo o relatório divulgado pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). Os trechos estão distribuídos entre…

4º prefeito: prefeitura de Patos volta a ser comandada por um médico

O comando da gestão municipal da morada do sol – Patos, Sertão Paraibano – voltou às mãos de um profissional da saúde. Depois do médico Dinaldinho Wanderley (PSDB), que está…