A Secretária de Educação do município de Campina Grande, Iolanda Barbosa, ficará detida, temporariamente em um dos presídios da cidade.

A gestora, que já foi afastada do cargo por decisão judicial, foi ouvida pela Polícia Federal das 9h até às 13h desta quinta-feira (25).

Após o depoimento, Iolanda foi encaminhada para a audiência de custódia e passou pelo exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal, em Campina Grande.

Iolanda foi afastada do cargo por decisão da Justiça após a deflagração da Operação ‘Famintos’, ocorrida nessa quarta-feira, 24. Ela apresentou-se à sede da Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (25).

A Operação Famintos investiga fraudes em licitação e desvio de recursos públicos da merenda escolar.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Concurso para Procuradoria do Estado terá 12 vagas e edital deve sair em novembro

O concurso público da Procuradoria-Geral do Estado da Paraíba terá 12 vagas para o cargo de procurador. A informação foi revelada pelo procurador-geral do Estado, Fábio Andrade Medeiros. Fábio Andrade…

UEPB está entre as instituições que pode reduzir participação no Sisu

Diversas universidades estaduais estão cogitando retirar vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), plataforma usada pelo Ministério da Educação (MEC) para ofertar vagas em Instituições Públicas de Ensino Superior usando as notas…