A Secretária de Educação do município de Campina Grande, Iolanda Barbosa, ficará detida, temporariamente em um dos presídios da cidade.

A gestora, que já foi afastada do cargo por decisão judicial, foi ouvida pela Polícia Federal das 9h até às 13h desta quinta-feira (25).

Após o depoimento, Iolanda foi encaminhada para a audiência de custódia e passou pelo exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal, em Campina Grande.

Iolanda foi afastada do cargo por decisão da Justiça após a deflagração da Operação ‘Famintos’, ocorrida nessa quarta-feira, 24. Ela apresentou-se à sede da Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (25).

A Operação Famintos investiga fraudes em licitação e desvio de recursos públicos da merenda escolar.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Projeto do MPPB já atendeu 58 vítimas de alienação parental, em CG

Mais de 50 crianças e adolescentes vítimas de alienação parental e/ou abandono afetivo, devido ao processo de separação dos pais, já foram atendidos pelo ‘Projeto Presente’, na Promotoria de Justiça…

Veneziano reforça apoio ao Governo João, mas pondera sobre deixar PSB

Independentemente do partido a que estiver filiado, o senador Veneziano Vital, do PSB, permanecerá integrando a base que dá sustentação ao Governo João Azevêdo no Congresso Nacional. A afirmação foi…