Por pbagora.com.br

O Diário Oficial do Estado trouxe nessa quinta-feira (15), a exclusão de um sargento da Polícia Militar que teria participado de uma blitz sem autorização e cobrado vantagem dos motoristas irregulares para liberá-los. O fato ocorreu na cidade de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba.

Segundo a publicação, a blitz teria acontecido no ano de 2005 e o policial abordava motoristas em veículos particulares e de transporte de passageiros, exigindo a documentação. Aos estavam irregulares, ele exigia “vantagem indevida” para liberá-los.

Um ação Penal Militar foi aberta à época e o sargento foi condenado, tendo a decisão sido confirmada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba com trânsito em julgado em agosto de 2016.

A portaria dessa quinta-feira determina que o comandante da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) apreenda os armamentos do policial, a identidade militar e outros objetos que ainda estejam com o sargento.

Foto Ilustrativa

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Covid: Cabedelo vacina pessoas acima de 58 anos com comorbidade nesta segunda

Vacinação também segue em pessoas a partir de 60 anos Cabedelo avança na vacinação contra a Covid-19 e, a partir de segunda-feira (19), inicia a imunização em pessoas acima de…

Escolas privadas poderão funcionar no sistema híbrido a partir desta segunda

Em novo decreto, Paraíba flexibiliza aulas presenciais para algumas séries O Diário Oficial do Estado (DOE), em edição suplementar, publicou neste sábado (17), o decreto que disciplina as atividades na…