Após sinalizar aproximação do prefeito Luciano Cartaxo (PV), a vereadora Sandra Marrocos, do PSB, segue movimentando os bastidores da política, agora com a possibilidade de mudança partidária. Nos bastidores a informação é de que a socialista já estaria de malas prontas para embarcar no Partido dos Trabalhadores, seguindo a máxima de que na volta ninguém se perde.

Ontem, domingo (08), ela marcou presença no processo de eleições internas do PT, em João Pessoa, e reforçou sua afinidade com a agremiação. Sobre o ingresso na legenda, a parlamentar não titubeou e admitiu que pode acontecer. Segundo ela, seria um retorno às origens.

“O que de concreto que a gente tem é que eu estou atualmente no PSB e eu fui ontem prestigiar o PED do PT porque esse momento é momento desafiante, que requer as unidades das esquerdas, as unidades do campo democrático e popular e eu fui lá para prestigiar, para dizer aos companheiros que estamos juntos na resistência. Eu costumo dizer que na vida eu aprendi nesses quase 50 anos de existência que pode acontecer tudo, inclusive nada e meu retorno para o PT, se acontecer, nada mais seria que uma volta de onde eu vim”, disse.

O presidente da sigla, Jackson Macêdo, disse que Sandra, em querendo se filiar à legenda, será bemvinda.

“Sobre a possível filiação dela, ela só vai acontecer se ela pedir a filiação no PT, ela fazendo isso o partido vai aprovar ou não sua vinda. Mas até lá ela é uma amiga, uma parceira. Existe muita conversa nesse sentido, é muito boato de imprensa, mas repito, ela vindo para o PT, nós ficaríamos muito satisfeitos em tê-la em nossos quadros para disputar a eleição do próximo ano”, arrematou.

 

PB Agora

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia investiga morte de criança encontrada em rede, na PB

A Polícia Civil da Paraíba está investigando a causa da morte de uma criança de apenas dois anos, cujo corpo foi encontrado, dentro de uma rede,  de balançar, no município…

João Azevêdo rebate RC e sai em defesa de Nonato Bandeira

Após sair em defesa do secretário Edvaldo Rosas (PSB), o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) decidiu agora também sair em defesa do secretário de Comunicação, Nonato Bandeira (PPS), que…