Todos ex-presidentes do Tribunal de Contas da Paraíba, os conselheiros Arthur Cunha Lima, Nominando Diniz e André Carlo Torre Pontes foram os alvos dos mandados de busca e apreensão da Polícia Federal, nesta terça-feira (17), na sétima fase da Operação Calvário.

Os mandados foram cumpridos em endereços dos três conselheiros após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizar a atuação do Ministério Público da Paraíba, a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União à cumprir mandados de busca e apreensão na Granja Santana, que é a residência oficial do governador da Paraíba, no Palácio da Redenção e no Tribunal de Contas do Estado.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PMJP define regras para enterros e velórios de mortos por Covid-19 são suspensos

Com base na experiência internacional e recomendações do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) publicou, nesta terça-feira (31),…

Pandemia faz prefeitura de Cabaceiras cancelar festa do Bode Rei

Os festejos juninos e a Festa do Bode Rei, na cidade de Cabaceiras, edição 2020, foram cancelados por decisão da prefeitura municipal da cidade. O anúncio foi feito nesta terça-feira…