A Paraíba o tempo todo  |

Romero faz balanço sobre oito anos na PMCG e resume: “Vou sair de cabeça erguida”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Já na reta final da sua administração, o prefeito Romero Rodrigues garante: após oito anos incompletos de mandato, está saindo da Prefeitura de Campina Grande de cabeça erguida e vai manter o ritmo de trabalho até o próximo dia 31 de dezembro.

“Esta é a minha maior alegria: poder andar pelas ruas de minha cidade com a consciência do dever cumprido à frente do cargo”, confessou Romero, em entrevista ao Programa Balanço Geral (Rádio Correio FM), no início da noite desta segunda-feira, 14. Por isso, garante que fará sucessivas inaugurações, em setores como infraestrutura, educação e saúde.

Inaugurações

Uma das inaugurações já anunciadas hoje: a entrega do Hospital da Criança e do Adolescente, no próximo dia 30. Com 7,1 mil metros de área construída, representa um investimento de mais de R$ 10 milhões, com recursos próprios. O hospital está sendo construído na avenida Floriano Peixoto, no bairro Dinamérica, ao lado do ginásio “O Meninão”.

Outra grande obra que o prefeito campinense pretende entregar nos próximos dias é a Alça Leste, rodovia urbana de dez quilômetros, que liga quatro bairros da Zona Leste. Também planeja inaugurar uma unidade de saúde no Bairro das cidades, além de mais cinco creches em diversos bairros de Campina Grande.

Recursos em caixa

Além das inaugurações programadas, o prefeito destacou que vai deixar várias obras conveniadas e com recursos em caixa. Isto vai permitir a sequência de projetos administrativos por parte do futuro prefeito da cidade, Bruno Cunha Lima.

Garantindo que Campina Grande vive um momento de equilíbrio fiscal, Romero assegurou que serão pagos, até o final da gestão, todos os fornecedores e os servidores públicos. Como obra mais importante da sua gestão, Romero citou o Complexo Habitacional e Empresarial Aluízio Campos, integrado por 4.100 unidades habitacionais entre casas e apartamentos – um investimento de R$ 300 milhões, em convênio com o governo federal. Outras ações, que avaliou como sendo destaques, foi a pavimentação de mais de 1.200 ruas, implantação de um programa de modernização da iluminação pública e a municipalização do Hospital Pedro I.

 

Redação 

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe