Por pbagora.com.br

O prefeito Romero Rodrigues (PSD), admitiu a possibilidade uma aproximação administrativa com o governador João Azevedo (PSB). A proposta já foi defendida por vereadores governistas como Alexandre do Sindicato, e pelo próprio vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP).

Com a crise instalada no diretório paraibano do Partido Socialista Brasileiro (PSB), muito se conjectura uma aproximação entre os grupos políticos do governador socialista João Azevedo, e do prefeito Romero Rodrigues (PSD).
Em entrevista veiculada pela Rádio Caturité, Romero Rodrigues confirmou que essa aproximação poderá acontecer sim, mas não da forma que especula-se.

– Administrativamente tem que se estar apto a conversar, quando os dois querem, claro. Vai ser um prazer discutir e debater temas de Campina Grande. Mas em relação à política, é bom deixar claro que não há a possibilidade, ao menos nesse instante, de haver uma aproximação política- declarou.

Romero ressaltou, que agirá com tranquilidade caso isso ocorra, pois segundo ele poderia haver dificuldades já que existem membros da base aliada do governador socialista que tem divergências políticas com o grupo da situação de Campina Grande.

Bolsonaro – Romero Rodrigues também confirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) estará na cidade no próximo dia 11 para participar da inauguração do Conjunto Habitacional Aluízio Campos.

PB Agora

Notícias relacionadas

OPINIÃO – Violência Contra as Mulheres e o Isolamento Social: Romper o Silêncio é Preciso

Aqui na Paraíba, as Entidades que compõem a rede de enfrentamento à violência contra as mulheres têm desenvolvido ações com o intuito de facilitar o combate a essa violência diante…

Incidência de raios por ano na PB chega a 200 mil; veja onde mais ocorrem

Cerca de 75 milhões de raios incidem por ano em todo o Brasil. Na Paraíba, em média caem 200 mil raios por ano, de acordo com os dados do Grupo…