O governador da Paraíba João Azevêdo voltou a se reunir com entidades que representam as categorias de Segurança do estado. Mais uma vez não houve consenso entre a categoria e o Executivo.

João Azevêdo ponderou que não pode oferecer às polícias e aos bombeiros militares algo que esteja acima das condições financeiras do estado e voltou a pedir bom senso.

– Nós temos que ter muita responsabilidade nesse momento. Não podemos vender para a categoria uma coisa que não seja possível de implementar. Vender ilusão não é responsável nesse momento. Temos que vender aquilo que efetivamente é possível implantar”, disse o governador.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Três linhas de ônibus são reativadas e orla tem caminhadas liberadas, em JP

Com a implantação da terceira fase do plano de flexibilização em João Pessoa, algumas mudanças serão realizadas, a partir desta segunda-feira (13) no sistema de transporte e no uso da…

Em 10 dias, Baía da Traição registra aumento de 50% nos casos de Covid-19

Em apenas 10 dias, o município de Baía da Traição registrou aumento de mais de 100 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (covid-19). O município do Litoral Norte paraibano possui 301…