O governador da Paraíba João Azevêdo voltou a se reunir com entidades que representam as categorias de Segurança do estado. Mais uma vez não houve consenso entre a categoria e o Executivo.

João Azevêdo ponderou que não pode oferecer às polícias e aos bombeiros militares algo que esteja acima das condições financeiras do estado e voltou a pedir bom senso.

– Nós temos que ter muita responsabilidade nesse momento. Não podemos vender para a categoria uma coisa que não seja possível de implementar. Vender ilusão não é responsável nesse momento. Temos que vender aquilo que efetivamente é possível implantar”, disse o governador.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

São João 2020 do Conde é cancelado e dinheiro vai ser usado no combate ao coronavírus

Depois de Campina Grande, Patos e Sumé, agora foi a vez do São João 2020 do Conde, no Litoral Sul da Paraíba, ser cancelado devido a pandemia do coronavírus. De…

“É carreata da morte” dispara Geraldo Medeiros sobre possível ato em JP

Nesta sexta-feira, 27, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, criticou severamente a iniciativa de setores empresariais e profissionais liberais de João Pessoa, apoiados também pelo deputado estadual Cabo…