Por pbagora.com.br

O governador da Paraíba João Azevêdo voltou a se reunir com entidades que representam as categorias de Segurança do estado. Mais uma vez não houve consenso entre a categoria e o Executivo.

João Azevêdo ponderou que não pode oferecer às polícias e aos bombeiros militares algo que esteja acima das condições financeiras do estado e voltou a pedir bom senso.

– Nós temos que ter muita responsabilidade nesse momento. Não podemos vender para a categoria uma coisa que não seja possível de implementar. Vender ilusão não é responsável nesse momento. Temos que vender aquilo que efetivamente é possível implantar”, disse o governador.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João anuncia conclusão de obra em Cabedelo e autoriza novas ordens de serviço

O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (23), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, as ordens de serviço para início de obras que…

Afastado do Tribunal de Contas da Paraíba há quase um ano, Arthur Cunha Lima pede aposentadoria

Afastado de suas funções do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), há quase um ano, o conselheiro, Arthur Cunha Lima, entrou com um pedido de aposentadoria na Previdência Social da…