O reitor da Universidade Estadual da Paraíba, Rangel Júnior, comentou sobre a greve dos servidores técnico-administrativos da instituição.

Nessa terça-feira (16) a categoria decidiu, durante assembleia geral realizada no campus de Bodocongó, em Campina Grande, permanecer com a greve.

– Nas circunstâncias em que eu apresentei a proposta acreditei firmemente que haveria possibilidade de reabrimos um diálogo, porque da minha parte nunca houve intransigência e nunca houve portas fechadas para qualquer diálogo. Entretanto, as pessoas precisam compreender que isto é uma via de mão dupla. Ao apresentar uma proposta, eles não flexibilizarem minimamente e não aceitar que em 60 dias possamos apresentar uma nova proposta que pudesse ser encaminhada ao Conselho Universitário e ao governo do Estado, para transformar em projeto de lei. De fato, para mim revela claramente que o interesse é outro – disse.

As informações foram veiculadas na Rádio 101.1 FM.

 

Redação com Paraibaonline

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João autoriza obras, entrega abastecimento d’água e escola no Brejo nesta 6ª

O governador João Azevêdo visita, nesta sexta-feira (13), os municípios de Araçagi, Guarabira e Pilões, no Brejo paraibano, onde entrega sistema de abastecimento d’água, reforma e ampliação de escola e…

Energisa vai trocar geladeiras de 100 famílias em João Pessoa

Interessados podem se cadastrar a partir desta sexta (13), na Praça da Conquista Parte do Programa de Eficiência Energética regulado pela Aneel, o Projeto Nossa Energia vai trocar geladeiras de…