Por pbagora.com.br

A Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba acionou a Procuradoria Estadual no intuito de tentar impedir o retorno das aulas presenciais nas faculdades localizadas na cidade de Cabedelo, previsto para ocorrer de forma imediata.

De acordo com o secretário de Saúde Geraldo Medeiros durante entrevista à Rádio Correio FM, Cabedelo não estaria preparada para suprir a demanda de novos casos da covid-19 que podem vir a surgir com o retorno das aulas.

“Cabedelo é um ponto de alta propagação do vírus, além disso não dispõe de nenhum leito de UTI e o aumento da propagação e do número de casos novos confirmados em Cabedelo refletirá não em Cabedelo, mas em João Pessoa uma vez que não existe estrutura de atendimento médico na cidade.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Anísio cutuca adesão de Couto a RC: “Ele gosta de ser traído e será outra vez”

O deputado estadual Anísio Maia, que disputa a prefeitura de João Pessoa pelo PT nas eleições municipais desse ano, ironizou o anúncio de adesão do ex-deputado federal Luiz Couto (PT),…

MP manda prefeitura de Princesa empossar aprovados em concurso

O Ministério Público da Paraíba celebrou um termo de ajustamento de conduta para que o Município de Princesa Isabel emposse, em até 45 dias, os aprovados no último concurso público,…