Por pbagora.com.br

O candidato a prefeito de João Pessoa pelo PSB, Ricardo Coutinho, que não obteve sucesso nas urnas, ficando em sexto lugar na disputa pelo cargo com 38.969 votos, se manifestou sobre o pleito através das redes sociais, onde deixou uma mensagem direcionada aos seus eleitores e aos que estiveram com ele durante a campanha eleitoral.

O ex-gestor socialista, que já foi prefeito de João Pessoa por duas vezes, expressa o seu lamento pela derrota nas urnas e se diz vítima de uma perseguição difamatória promovida por unidades de poderes que o caluniaram ao mesmo tempo em que disseminaram desinformações ao povo de João Pessoa.

Contudo, Ricardo Coutinho não fala sobre o segundo turno das eleições e finaliza a mensagem agradecendo aos eleitores, à sua candidata a vice, Paula Frassinete, e ao petista Antônio Barbosa, o primeiro a declarar apoio à candidatura socialista quando o seu partido tinha candidatura própria na Capital, com o deputado Anísio Maia.

Veja a íntegra da mensagem:

“Aos que caminharam conosco e ao povo de João Pessoa.

Fizemos a luta do possível e até do impossível. Assistimos a uma unidade que somou partidos, governos, instituições de Estado, mídia comercial dependente dos Poderes Públicos, todos unidos numa tessitura perseguidora e difamatória, alinhavada com muita desinformação. Estranhamente, o TSE resolveu julgar, às vésperas da eleição, um processo que o TRE havia nos inocentado, e, à frequência das calúnias, foi incorporada a divulgação de que, caso o eleitor votasse em nossa chapa, teria o voto invalidado.

Ficou claro que uma vitória nossa não seria permitida. Isso não era desconhecido pela nossa candidatura. Mesmo assim, não desistimos porque o intuito principal da nossa campanha foi resguardar vivo o sentimento de um projeto totalmente diferente dos demais que se apresentaram. Isso foi cumprido.

Agradeço a cada um dos que caminharam ao nosso lado, aos companheiros do PSB e àqueles do PT que foram fiéis aos interesses do povo, aos que não puderam se expor mas sufragaram meu nome e o de Paula Frassinete, dos que entenderam que a manipulação falso-moralista interessava apenas aos que nenhuma moral tem.

Ao final da campanha, ficou também evidente, para nós e para nossa aguerrida militância, que precisávamos ter enfrentado esse processo. Não podíamos nos acovardar diante dos verdadeiros inimigos do povo. Era e é preciso continuar a defender o melhor projeto que já governou João Pessoa e a Paraíba.

Saudações aos que tem coragem.

Ricardo Coutinho

Paula Frassinete

Antônio Barbosa

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: novo boletim aponta melhora no estado de saúde de Zé Maranhão

O estado do senador Zé Maranhão, internado com a Covid-19, desde o último domingo (29), segue estável, conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (1º). Maranhão está sem febre e respirando espontaneamente. Novos…

Cícero anuncia equipe de transição e Socorro Gadelha para Secretaria de Habitação

Em live realizada nesta segunda-feira (1º) em sua página no Instagram, o prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), anunciou os seis primeiros nomes da sua equipe de transição,…