Em postagem no Twitter, o vereador do Rio de Janeiro tentou relacionar o PSOL e Jean Wylys com o atentado cometido por Adélio Bispo

O PSOL entrou ontem (28) na Justiça do Estado do Rio de Janeiro com uma queixa-crime por difamação contra o vereador Carlos Bolsonaro. Mais uma vez o denunciado usou suas redes sociais e um exército de robôs para disseminar notícias falsas contra o PSOL e o ex-deputado Jean Wyllys.

Em postagem feita no dia 27 de abril no Twitter, Carlos Bolsonaro relaciona o PSOL e Jean Wyllys com o atentado que o então candidato Jair Bolsonaro sofreu durante a campanha para as eleições de 2018, praticado por Adélio Bispo. Com base em notícia mentirosa feita pelo site renews.com.br, o vereador difama e ofende a honra do partido e do ex-deputado, tentando desmoralizá-los perante a sociedade.

A ação pede liminarmente a imediata retirada da postagem do Twitter e que Carlos Bolsonaro seja condenado por difamação, conforme prevê o Artigo 139 do Código Penal, o que pode implicar detenção de três meses a um ano, e multa.

A tentativa de inundar as redes sociais com esta notícia falsa vem no exato momento que a família Bolsonaro se vê cada vez com menos apoio após as graves denúncias feita pelo ex-ministro Sérgio Moro e o avanço das investigações realizadas pela CPMI das Fake News e pela Polícia Federal, que ligam “Carluxo”, como é conhecido o vereador, e outros filhos do presidente ao “Gabinete do Ódio” que opera de dentro do Palácio do Planalto para difamar adversários e desafetos políticos do clã Bolsonaro.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Apesar de decretos mais rígidos, primeiro dia de fiscalização gera trânsito emJP

Apesar do arrocho nas medidas de isolamento social em combate ao Covid-19, no primeiro dia de fiscalização e ação educativa estabelecidas no último decreto publicado pelo Governador da Paraíba, foi…

Covid-19: ação solidária beneficia trabalhadores da vaquejada na Paraíba

Obedecendo regras de isolamento social, o esporte vaquejada paralisou suas atividades desde o mês de março. A iniciativa serve para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). No entanto, famílias…