Por pbagora.com.br
 
 

Já dura oito dias o protesto realizado por estudantes da UFPB que estão acorrentados em frente à reitoria da instituição de ensino por conta da nomeação de Valdiney Veloso para a reitoria.

Valdiney, que ficou em 3º lugar na consulta para novo reitor, foi o escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro e tomou posse na última quarta-feira, dia 11. O evento aconteceu no auditório do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW) onde o novo reitor foi recebido com gritos de ordem pelos protestantes.

Foi necessário o reforço da segurança no local com a presença de agentes federais.

Nesta sexta-feira (13), mais protestos estão programados para ocorrem no Campus I da UFPB.

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: lei reconhece academias de ginástica e similares como serviço essencial

Nesta quinta-feira (26), o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, publicou no Semanário Municipal, o reconhecimento da atividade das Academias de ginástica, Estúdios de Musculação, de esportes, artes marciais e…

João Pessoa lidera registro de novos casos de covid-19 nesta sexta-feira

A cidade de João Pessoa continua sendo a que mais registra casos de contaminação pelo novo coronavírus (covid-19) diariamente. Nesta sexta-feira (27), os 363 casos confirmados estão distribuídos por todos…