Por pbagora.com.br

A audiência pública para discutir as contas do governador Ricardo Coutinho
(PSB) aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado foi marcada por
manifestação. Fora e dentro do plenário da sede da Ordem dos Advogados do
Brasil, seccional Paraíba, manifestantes ostentaram cartazes acusando a
Assembleia Legislativa de golpe contra o governador.

Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, o deputado Raniery Paulino
(PMDB) entrou em desespero quando leu cartazes cobrando explicação sobre as
contas do pai dele, o ex-governador Roberto Paulino, cujo o exercício
financeiro de 2002 foi reprovado pelo TCE.

Os cartazes perguntavam “Raniery e as contas de papai?” O ex-governador
Roberto Paulino teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas, mas a
Assembléia terminou desautorizando o Tribunal e aprovando tudo. No caso
atual, o Tribunal aprovou as contas do Governador Ricardo Coutinho por
ampla maioria, 6 a 1.

Secretários de Estado e deputados da situação estavam presentes à audiência
para prestar os esclarecimentos necessários ao debate sobre as contas. Mas
o deputado Raniery Paulino decidiu pela suspensão da audiência minutos
depois dela ter sido aberta.



Redação

Notícias relacionadas

Vacinação contra Covid-19 é suspensa em CG e só deve ser retomada na 5ª

A vacinação contra a Covid-19, está suspensa em Campina Grande, e só deve ser retomada na próxima quinta-feira (15), quando o Estado receber e enviar novas remessas do imunizante para…

Unanimidade: ALPB aprova homenagem a Juliette com maior comenda da PB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (13), a concessão da Medalha Epitácio Pessoa para a advogada e maquiadora paraibana Juliette Freire. A proposta, assinada por todos os…