A Paraíba o tempo todo  |

Promotoria recomenda proibição de fogueiras e fogos em Caaporã e Pitimbu

Após receber denúncias, a Promotoria de Justiça de Caaporã expediu recomendações aos Municípios de Caaporã e Pitimbu para que, durante o período em que vigorar a pandemia de covid-19, adotem as providências necessárias para proibir e fiscalizar, em todo o território municipal, a confecção de fogueiras e o uso de fogos de artifício. A recomendação foi expedida pela promotora de Justiça Miriam Pereira Vasconcelos que fez um apelo às pessoas para que, de forma consciente, respeitem aqueles que estão acometidos pela doença.
Na recomendação, a promotora Miriam Vasconcelos destaca que a tradição de acender fogueiras e queimar fogos de artifício, naturalmente, provoca aglomerações, comprometendo a eficácia do isolamento social como medida de contenção da pandemia.

Além disso, aumenta a produção de fumaça, que elevará os riscos de problemas respiratórios e agravar os pacientes que estão contaminados, além de aumentar os acidentes com queimaduras, contribuindo para a superlotação da rede hospitalar e dificultando o combate à covid-19.

A promotora ressalta ainda que as festas juninas têm caráter cultural, mas não podem prevalecer sobre o direito à saúde e o direito à vida, aos quais deve ser atribuído maior peso em ponderação, à luz dos princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, bem como da precaução e da prevenção.

PB Agora com MPPB

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      7
      Compartilhe