Por pbagora.com.br

A promotora Geovana Patrícia Queiroz do Rego inicia neste domingo (1) a apuração de denúncia, veiculada com exclusividade pelo PB Agora na última sexta-feira, apontando caso de pedofilia envolvendo o prefeito de São Bento, Jaci Severino da Silva (PMDB). Neste sábado, ela recebeu orientações da procuradora-geral de Justiça, Janete Ismael, que solicitou a atuação do Ministério Público de São Bento no caso dada a gravidade da denúncia feita por uma testemunha anônima ao Disque Denúncia.

Geovana Patrícia pedirá informações, de acordo com Janete Ismael, aos promotores Harley e Soraya Escorel, que atuam em João Pessoa na promotoria da Infância e da Juventude, onde a denúncia foi feita informalmente.“A partir de hoje, o Ministério Público entra neste caso”, declarou Janete Ismael.
A denúncia mexeu com São Bento. O PB Agora tem recebido dezenas de mensagens de moradores revelando indignação sobre o caso.

Segundo a “testemunha x”, tudo começou quando a menor S. C. F. de 11 anos apresentou uma mudança comportamental. Todos imaginavam que se tratava de uma briga entre amigas. Mas os motivos da toda mudança era algo totalmente inesperado.

No depoimento, a “Testemunha X” conta que os pais da menor, Francisco da Costa Fernandes e Ângela Maria da Costa encontraram envelopes de anticoncepcional dentro da mochila escolar da menor, que estuda na Escola Estadual Fausto Meira. Assustada e pressionada, a menor relatou aos pais que fora seduzida e estava mantendo relações sexuais com uma autoridade da cidade. Segunda o relato da “testemunha x” que procurou o ministério público em João Pessoa para denunciar este ato de pedofilia e abuso sexual contra a menor que ainda não completou 12 anos de idade, S. F. C sofreu por várias abuso sexual por parte do prefeito da cidade São Bento, Jaci Severino de Souza, mas conhecido em toda região como “Galego de Souza”.

Em contato com o PB Agora, o procurador-geral de São Bento, Josué Guedes, chegou a reconhecer que, na cidade, as meninas se entregam à prostituição logo cedo.

PB Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Moradores de CG só poderão agendar atendimento na Defensoria Pública pelo Chat

O Núcleo Regional de Atendimento da Defensoria Pública do Estado (DPE-PB) em Campina Grande passou a atender exclusivamente de forma presencial, mas para evitar aglomerações, especialmente entre aqueles que procuram…

200 cidades paraibanas estão com bandeira amarela no Plano Novo Normal

O Governo da Paraíba publicou, neste sábado (23), a 17ª avaliação do Plano Novo Normal Paraíba que passa a vigorar a partir desta segunda-feira (25) (https://paraiba.pb.gov.br/diretas/saude/coronavirus/novonormalpb ). O documento aponta que…