Por pbagora.com.br

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), vetou o projeto de lei que prevê punição para o descarte irregular de lixo na Capital.

O veto foi publicado no Semanário Oficial do Município e a principal justificativa do gestor é que a iniciativa caberia apenas ao chefe do Poder Executivo, mesmo a competência da matéria sendo do município

De acordo com PL334/2017, de autoria do vereador Mangueira (MDB), é proibido o descarte, por pessoas físicas ou jurídicas, de qualquer tipo de lixo nos logradouros públicos da Capital fora dos equipamentos destinados a este fim (lixeiras). No caso do descumprimento, os pedestres devem ser abordados por autoridades fiscalizadoras da Emlur e da Guarda Municipal a fim do descarte correto do lixo.

Ainda de acordo com o veto de Cartaxo, o projeto cria novas despesas para os órgãos de fiscalização.

“Por isso mesmo, a iniciativa do presente PLO não poderia ter sido tomada pelo eminente legislador”, diz trecho do veto.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

Covid: MPPB não descarta ir à Justiça por suspensão de jogos de futebol na PB

Ministério Público da Paraíba vai à CBF solicitar que partidas da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil não ocorram na Paraíba O Ministério Público da Paraíba não descarta…

CG: MPs pedem maior fiscalização em estabelecimentos para cumprirem decreto

Os Ministérios Públicos na Paraíba (MPT, MPF e MPPB) recomendaram aos órgãos de fiscalização de Campina Grande a intensificação das fiscalizações na cidade, para multar e até interditar os estabelecimentos…