A Paraíba o tempo todo  |

Programa ‘Tá na Mesa’ é ampliado e chega a Barra de Santana

Governo prevê a implantação do Programa em mais 56 municípios, totalizando 147 contemplados.
Foto: Secom-PB

O programa Tá na Mesa chegou nesta terça-feira (7) ao município de Barra de Santana, no Cariri paraibano. Serão 200 refeições ao preço de R$ 1,00, fornecidas de segunda a sexta-feira. Esse é o último município que integra a fase de ampliação que contemplou 13 cidades com até 10 mil habitantes. Uma nova etapa está em fase de contratação e prevê a implantação do Programa em mais 56 municípios, totalizando 147 contemplados.

O Projeto de Lei que ampliou o Programa garantindo a inclusão de municípios com população com mais de oito mil habitantes foi enviado e aprovado pela Assembleia Legislativa com o objetivo de garantir a segurança alimentar e o fomento às economias locais, contemplando 13 municípios do estado.

A diretora de Segurança Alimentar da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), Luciana Leal, comemorou a conclusão dessa etapa e considera que o Tá na Mesa é de suma importância na Paraíba. “A gente vê no semblante das pessoas a satisfação que têm em estarem ali comprando uma alimentação de qualidade e suficiente para alimentar sua família. É notório a felicidade delas com a chegada do Programa nesses municípios que foram implantados”, comentou.

E ressaltou ainda o esforço do pequeno empresário em garantir uma comida balanceada e feita com carinho nesses 13 municípios com população de 8 a 10 mil habitantes. Segundo observou, o Tá na Mesa também impactou os restaurantes que foram contemplados, que, assim, conseguiram amenizar as dificuldades enfrentadas em virtude da pandemia. “A nossa perspectiva é que o programa continue com esse êxito, e nos próximos municípios que serão beneficiados possamos atingir essa população que tanto precisa e amenizando a insegurança alimentar da população”, enfatizou.

O Programa “Tá na Mesa” foi criado, inicialmente, em caráter emergencial para contemplar a população mais vulnerável em 83 municípios paraibanos onde não houvesse um Restaurante Popular. Atualmente, é responsável pelo fornecimento de 25.700 refeições diárias: 200 refeições nos municípios que têm população entre 8 até 10 mil habitantes; 250 almoços diários nas cidades que possuem entre 10 e 20 mil habitantes; e 400 refeições em municípios acima de 20 mil habitantes.

 

Secom-PB

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe