Por pbagora.com.br

O Governo do Estado, através do Instituto de Terras e Planejamento Agrícola da Paraíba (Interpa), reuniu, na tarde desta quarta-feira (25), no auditório do órgão, novos dirigentes do governo estadual para conhecer o Programa Territórios da Cidadania operacionalizado pela Casa Civil da presidência da República em parceria com os Estados. Este ano será investido R$ 1,2 bilhão em mais de 100 municípios paraibanos nas mais diversas áreas.

A reunião de trabalho foi conduzida pelo delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário na Paraíba, Marenilson Batista. Ele explicou todos os detalhes do programa, que foi criado com o objetivo de reduzir desigualdades sociais no campo e na cidade. No Estado, o Programa Territórios da Cidadania começou em fevereiro do ano passado.

O vice-governador da Paraíba, Luciano Cartaxo, também participou do encontro e disse que o atual governo será parceiro ativo dessa ação do governo federal para otimizar resultados direcionados a um conjunto de políticas públicas em prol da qualidade de vida dos paraibanos. “Precisamos ouvir a população e, de acordo com as demandas, direcionar ações para o desenvolvimento dos municípios”, assegurou.

O presidente do Interpa, Álvaro Dantas, disse que o órgão atuará de acordo com a necessidade de todos os territórios localizados nas regiões da Borborema, Curimataú, Cariri Ocidental, Médio Sertão e Zona da Mata. Ele avaliou que o encontro foi extremamente positivo e serviu para afirmar a participação do governo do Estado dentro do programa que foi negligenciado pela gestão passada.

Ao falar sobre o programa, o delegado do MDA na Paraíba destacou que toda ação territorializada tem prioridade no governo federal e recebe o carimbo de verba assegurada. “Mas para isso é preciso ouvir a população, que conhece de perto as suas realidades, apesar do programa também ter o caráter deliberativo”, informou.
Participaram do encontro representantes de órgãos como o Interpa, Sedap, Cehap, Ideme, secretaria estadual de Saúde e de Educação, Emater, entre outros.
 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TSE estuda estender votação em ao menos 1h e reservar horário para idosos

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estuda aumentar o horário de votação em uma hora para as eleições municipais deste ano e reservar o início do período, das 8h às 11h,…

Motorista passa mal, perde o controle de carreta e morre, na PB

Na manhã desta quinta-feira (06)  uma carreta tombou  na rodovia que liga a cidade de Sapé à Cruz do Espírito Santo. De acordo com as informações o motorista da carreta…