Profissionais do Hospital de Trauma de João Pessoa afirmaram em nota distribuída a imprensa, que a quebra dos dois tomógrafos em meio a crise da saída das OSs do hospital pode ter sido provocada.

Segundo eles, o próprio secretário Geraldo Medeiros teria dito em entrevista a emissoras de rádio da Capital, que muitos interesses foram contrariados com o fim desses contratos e que alguns movimentos podem surgir internamente.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Meteorologista do Inmet indica risco de chuva intensa hoje em 160 municípios

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu alerta para aproximadamente 160 municípios do Cariri, Agreste e Sertão da Paraíba têm risco potencial de chuva para as próximas horas. A previsão foi…

Homem é atingido por placa de mármore enquanto trabalhava

Um homem foi atingido por uma placa de mármore, enquanto trabalhava em João Pessoa. O acidente aconteceu nesta quarta-feira (22), em um condomínio no bairro Viera Diniz. O homem estava…