Por pbagora.com.br

Profissionais do Hospital de Trauma de João Pessoa afirmaram em nota distribuída a imprensa, que a quebra dos dois tomógrafos em meio a crise da saída das OSs do hospital pode ter sido provocada.

Segundo eles, o próprio secretário Geraldo Medeiros teria dito em entrevista a emissoras de rádio da Capital, que muitos interesses foram contrariados com o fim desses contratos e que alguns movimentos podem surgir internamente.

Redação

Notícias relacionadas

Apenas 33 cidades da PB já aderiram ao consórcio para compra de vacinas

Uma verdadeira força-tarefa está sendo montada por alguns municípios de todo o Brasil com relação à compra de vacinas para imunizar a população contra a covid-19. Porém somente 33, das…

PMJP interdita Mercado Central para realização de serviços de emergência

O Mercado Central será interditado de domingo (7) até a segunda-feira (8). A ação é necessária para que a Prefeitura de João Pessoa, por meio de um trabalho integrado entre…