O governo federal decidiu quem ficará à frente da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. Será Arnaldo Correia de Medeiros.

Ele foi indicado pelo líder do PL na Câmara, Wellington Roberto (PB). O partido tem como principal cacique o ex-deputado Valdemar Costa Neto.

Medeiros é professor da Universidade Federal da Paraíba. Leia o currículo. Eis o histórico acadêmico do próximo secretário:

  • 1986 – graduação em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal da Paraíba;
  • 1989 – mestrado em Bioquímica e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais;
  • 1995 – doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela Universidade de São Paulo (1995).

O professor Arnaldo Medeiros tem também tem no currículo passagem pela Imperial Cancer Research Foundation, no Reino Unido e pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

A secretaria de Vigilância em Saúde é a responsável por acompanhar a disseminação da Covid-19 no país e pelas ações de prevenção.

O cargo é ocupado temporariamente por Eduardo Macário. O último titular no posto foi Wanderson Oliveira, que deixou o posto em 15 de abril.

A decisão de nomear Arnaldo Correia de Medeiros foi tomada na 2ª feira (1º.jun.2020) no fim do dia. A equipe do ministro interino, general Eduardo Pazuello, entrevistou Medeiros. A nomeação ainda não foi publicada.

Pazuello é interino, mas o presidente já sinalizou que ele deve ficar no cargo por algum tempo. Antes dele, no governo Bolsonaro, comandaram a pasta Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.

PB Agora com Agenda Capital e Poder 360

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João sanciona lei que obriga uso de máscaras em áreas comuns de condomínios

Ao todo, no DOE deste sábado, três leis foram publicadas com o objetivo de prevenir a disseminação da Covid-19 No Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (4), o governador…

Governador anuncia nesta segunda a retomada de obras suspensas na pandemia

O governador João Azevêdo anuncia nesta segunda-feira (6), às 10h, por meio de transmissão ao vivo em seus perfis oficiais e nas páginas oficiais do Governo da Paraíba no YouTube…