O Procon de João Pessoa realizou pesquisa de preços do pescado em 14 pontos de comercialização do produto na Capital. Entre os filés, a maior variação está na pescada, que registra o maior preço de R$ 23,00 o quilo e o menor de R$ 10,89, uma diferença de R$ 12,11 (variação de 111,2%). Já o preço do quilo do marisco varia até 175%.

Entre os cortes com cabeça, também a pescada lidera o ranking de maior variação de preço: 100,6%. O maior preço registrado foi de R$ 14,00 e o menor de R$ 6,98, uma diferença de R$ 7,02.

No caso dos peixes em posta e sem cabeça, a maior variação de preço ficou com a cavala (82,2%). O maior preço desse peixe é de R$ 23,68 por quilo e o menor de R$ 13,00, diferença de R$ 10,68.

O camarão com cabeça de tamanho médio registra uma variação de preço de R$ 71,7% e o filé de camarão varia em até 40% entre o menor e o maior preço.

Segundo Nara Marques Ribeiro, coordenadora de pesquisas do Procon-JP, esse levantamento foi feito nestas terça e quarta-feira (dias 7 e 8). Os pesquisadores verificaram os preços de filés de oito espécies de peixes, de 21 tipos de peixes inteiros e de 19 tipos de peixes em posta, além de camarão com e sem cabeça.

Também foram pesquisados 9 outros tipos de frutos do mar, entre eles marisco, sururu, bacalhau, patola e ostra.

Campanha – Nos pontos de comercialização, técnicos do Procon distribuíram panfleto com orientações sobre como identificar um bom pescado na hora da compra. O livreto explica como identificar características saudáveis nos frutos do mar e como acondicioná-lo corretamente.
 

Secom/JP

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Genival Lacerda sofre AVC e está internado em hospital do Recife

O cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, de 89 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) na madrugada desta terça-feira (26) e está internado no Hospital D’Ávila, na Zona…

Trânsito e semáforos no Jardim Oceania sofrem mudanças; confira

A partir desta terça-feira (26), as ruas Luiz Alves da Rocha e Antônio Batista de Araújo no Jardim Oceania terão seus sentidos de circulação alterados. A mudança, que tem como…