A Paraíba o tempo todo  |

Preso ex-PM militar acusado de mandar matar policial civil em 2007

Luis Quintino de Almeida Neto, 36, foi preso na manhã desta segunda-feira (3) por força de mandado expedido pelo 2º Tribunal do Júri da Capital. Ele é acusado de mandar matar José Maria da Silva, agente de investigação da Polícia Civil, em 2007.

O policial civil foi morto no dia 18 de outubro em um ponto de ônibus no bairro dos Novais, em João Pessoa, e por conta do processo pelo crime de homicídio, pelo qual foi condenado a 15 anos de prisão, Luis Quintino, que era cabo, foi expulso dos quadros da Polícia Militar.

De acordo com o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, a quem Luis Quintino se apresentou, o preso foi encaminhado para exame de corpo de delito, no Instituto de Polícia Científica da Paraíba.

Logo após o exame, o ex-policial militar será encaminhado para a penitenciária Desembargador Sílvio Porto, em Mangabeira.



Redação com Secom

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe