A Paraíba o tempo todo  |

Presídios: concursados vão realizar protesto

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Os candidatos aprovados e classificados no concurso de Agentes de Segurança Penitenciária da Paraíba vão fazer um protesto no dia 3 de abril reivindicando a convocação e nomeação do grupo por parte do Governo do Estado. Dos 2.000 aprovados, cerca de 1.400 aguardam o chamamento para fazerem o curso de formação, terceira etapa do concurso. Um dos integrantes da comissão formada para organizar o movimento, Alessandro Lima, frisou que o protesto ocorrerá às 9 horas, em frente ao Palácio do Governo, em João Pessoa.

“A expectativa é de que cerca de 300 pessoas que esperam ser chamadas pelo Governo compareçam ao protesto. Enquanto a gente aguarda o chamamento muitos pro-tempores ocupam as nossas funções”, desabafou Sandro Lima.

A prova teórica e o psicotécnico do concurso para agente penitenciário da Paraíba foram realizados no ano passado. Segundo uma nota distribuída à imprensa pela comissão do protesto, desde o final de janeiro os cerca de 600 agentes convocados que concluíram o curso de formação já foram nomeados e estão desempenhando suas funções dentro do Sistema Penitenciário do Estado da Paraíba.

A nota da comissão informa ainda que, segundo dados do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Penitenciário da Paraíba (Sintasp-PB), o déficit do sistema penitenciário atualmente é de 3.000 homens. Os candidatos aprovados e classificados pedem ao Governo a divulgação de um cronograma com as datas da formação das turmas para o pessoal que está na espera de ser convocado.

Segundo o secretário executivo da administração penitenciária da Paraíba, coronel Maurício Souza de Lima, ficou acordado com o Sintasp-PB que em setembro deste ano está programada a convocação de mais 600 pessoas aprovadas e classificadas no concurso para a realização do curso de formação. Em janeiro de 2010 ocorrerá a chamada do restante do pessoal.

 

O Norte

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe