Por pbagora.com.br
 
 

Motoristas de aplicativo estão indignados contra o aumento do preço da gasolina em João Pessoa. Após cinco reajustes apenas em 2021, o último aumento nas refinarias começou a valer a partir da última terça-feira (2). Segundo o presidente da Associação dos Motoristas de Aplicativos de João Pessoa, Fernando Barros, os aumentos no combustível provocaram um impacto imediato na categoria.

“Antes havia muitos descontos nas corridas mas, atualmente, esses descontos estão deixando de existir. Os lucros tiveram uma queda entre 40% e 60% e muitos motoristas que trabalhavam com carros alugados estão devolvendo os veículos”, comentou.

O presidente da associação destacou ainda que existe uma tendência em nível nacional de realizar um protesto com a paralisação dos motoristas de aplicativos no próximo dia 17, mas que ainda não foi definido como acontecerá em cada estado. Em João Pessoa, existia uma média de 5 mil motoristas de aplicativos. Desse total, cerca de 700 pararam ou devolveram os veículos alugados para trabalhar por não conseguir arcar com os gastos. “Tudo isso em razão dos recentes aumentos no preço dos combustíveis e pela queda da demanda provocada pela pandemia. Afinal, é duro chegar em casa e não ter dinheiro para colocar comida na mesa”, afirmou.

Redação

 
 
Notícias relacionadas

UFPB distribui 1.600 chips com internet para estudantes

A Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape) da Universidade Federal da Paraíba(UFPB) publicou um edital de seleção para distribuição de 1.600 chips com dados móveis a estudantes em…

Com chegada de novas doses, PB passa da marca de 1 milhão de vacinas distribuídas

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (16), 1.124 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 107 (9,51%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.017 (90,48%) são…