Por pbagora.com.br

A defesa pela implantação de um campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) no Vale do Piancó tem ganhado força entre a classe política. Os prefeitos de Piancó e de Itaporanga são alguns dos que encabeçam a defesa pela medida, que também tem o apoio do deputado Dr. Taciano Diniz.

Para o prefeito de Piancó, Daniel Galdino, a implementação do ensino superior na cidade promoverá a melhoria da qualidade de vida para o município e região. “Essa realidade iria mudar totalmente a economia, aquecer o comércio local, além de proporcionar para o cidadão piancoense e de toda a região do Vale do Piancó e das cidades circunvizinhas a possibilidade de se ter um curso superior presencial, em uma região que se tem quase 200 mil habitantes”, reiterou.

O prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas, também destacou que a criação de um campus é uma oportunidade de permanência da população nos municípios. “O Vale é uma região de população elevada e que temos essa necessidade urgente da implantação da universidade, já esperada há muitos anos, pois temos uma perda muito grande de pessoas que saem para estudar fora e que normalmente ficam em outras regiões, sem que possamos aproveitar a nossa própria mão de obra”, pontuou.

Segundo Taciano Diniz,  um campus universitário no Vale do Piancó pode proporcionar o crescimento econômico e social da região. “Essa é uma luta que já vem desde o ano de 2000, passando por processos eleitorais e, assim, no engajamento de uma região composta por 18 municípios, que têm um forte ponto agropecuarista e desenvolvimento do ramo têxtil. Então, se faz necessário a implantação do ensino público superior para que, efetivamente, tenhamos a qualificação dos jovens, dando oportunidade para se formarem dentro da sua região”, afirmou.

Já o reitor da UEPB, professor Rangel Júnior, se mostra preocupado com a crise financeira por que passa a instituição. Ele ressaltou a viabilidade de outras formas de expansão da universidade no Vale do Piancó, diante de restrições financeiras.

“A situação que a universidade vem enfrentando é extremamente difícil, mas, desde que haja planejamento, estudos, mobilização e garantias orçamentárias, podemos discutir a implementação, inclusive, através de educação à distância, de cursos de pós-graduação e de projetos e programas de extensão. Ou seja, a universidade pode estar nos lugares, sem necessariamente ter que ter um campus instalado”, emendou.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem fica ferido após ser atacado por pitbull, em João Pessoa

Um homem ficou ferido na manhã desta quinta-feira (17), após ser atacado em casa por um dos seus cachorros, da raça pitbull, no Bairro das Indústrias, em João Pessoa. Segundo…

Detran-PB abre Semana Nacional de Trânsito nesta sexta-feira

Com o objetivo de trazer à tona, mais uma vez, a discussão em torno da violência e acidentes nas vias e rodovias da Paraíba, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB)…