Duas pessoas foram presas suspeitas de traficar substância de venda proibida pela Anvisa, em Patos, no Sertão da Paraíba.
Foram apreendidos cerca de 102 recipientes com um solvente que tem a venda proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A apreensão aconteceu na quarta-feira (2), mas foi divulgada nesta quinta-feira (3).

A Polícia Civil recebeu denúncias anônimas de que uma carga com substâncias irregulares seria transportada de um depósito para uma casa na cidade. O produto apreendido é o diclorometano, utilizado em entorpecentes.

Após ser abordado, o homem que transportava o produto disse que levaria o material para um imóvel que pertence à mãe de um detento do Presídio do Serrotão, em Campina Grande, apontado por ele como o dono da substância.

O homem e a mãe do possível dono do produto foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil de Patos e autuados pelo crime de tráfico de entorpecentes.

Redação

Total
4
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bloco Cafuçu deve se tornar Patrimônio Cultural e Imaterial da PB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (22), o Projeto de Lei 570/2019, da deputada Cida Ramos (PSB), que torna o Bloco Cafuçu, realizado no município de João…

Governo do Estado define ações de combate a manchas de óleo em praias

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta terça-feira (22), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, com instituições e órgãos ligados ao meio ambiente, além de representantes de prefeituras do…