Por pbagora.com.br

As Polícias Civil, Polícia Militar e Energisa flagraram desvio de energia, o famoso ‘gato’, em uma fábrica de gelo de grande porte, no distrito industrial de Guarabira. A ação foi realizada após denúncias e estudos realizados pelo Centro de Inteligência do Departamento de Combate a Perdas de Energia, da Energisa. O proprietário foi preso em flagrante e encaminhado para delegacia local.
 
Agora, após constatado o furto, a Energisa vai levantar quanto de energia foi desviada e por quanto tempo. Conforme previsto no Código Penal, art. 155, o furto de energia é crime e o responsável pode ser condenado a até oito anos de reclusão e multa. “Além do crime, o Governo do Estado deixa de arrecadar mais de R$ 35 milhões por ano e a população perde com isso, uma vez que os valores poderiam ser revertidos em infraestrutura básica, como saúde e educação”, afirma Felipe Costa, gerente de Combate a Perdas.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: novo boletim aponta melhora no estado de saúde de Zé Maranhão

O estado do senador Zé Maranhão, internado com a Covid-19, desde o último domingo (29), segue estável, conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (1º). Maranhão está sem febre e respirando espontaneamente. Novos…

Paraibano que namora mãe de Neymar é chamado de michê e rebate: “Me deixa em paz”

Tiago Ramos não deixou sem resposta um seguidor que o chamou de michê no Instagram nesta quarta-feira (2). O modelo reatou recentemente o namoro com a mãe de Neymar, Nadine…