Por pbagora.com.br

Durante entrevista na manha desta quinta-feira, o Superintendente da STTP, Félix Neto, se mostrou surpreso com a paralisação total dos serviços da frota de transporte coletivo de Campina Grande, ordenada pelo Sitrans, Sindicato das Empresas de Passageiros.

Segundo o dirigente, sempre existiu um diálogo de bom senso, e de forma respeitosa entre a STTP e o Sitrans, ouvindo as ponderações e as dificuldades que o sistema enfrenta, principalmente neste período de pandemia , com a queda brusca de passageiros transportados de 100 para 22 mil/dia.

“Reconhecemos que o setor de transporte de passageiros passa por dificuldades, no entanto o interesse público e o bom senso devem ser prevalecidos, nas reuniões que serão realizadas para solução do problema no dia de hoje”, disse Félix Neto.

O superintendente disse ainda que continua com os entendimentos junto ao Sitrans, para que 30% da frota não seja paralisada em toda a cidade , já que os passageiros de setores essenciais estão prejudicados, sem meio de locomoção para seus trabalhos.

 

Redação com Codecom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Há vagas: Sine de Campina Grande recebe currículos até esta terça-feira

O Sine Municipal estará recebendo currículos para vagas de Atendente, Passadeira de Roupas e Costureira, até o meio-dia desta terça-feira, 27 de outubro. A seleção acontecerá no período da tarde…

Vídeo: Tovar Correia testa positivo para Covid-19 e emite comunicado

Em vídeo postado nas redes sociais na noite deste domingo (25), o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) confirmou que testou positivo para Covid-19. O parlamentar destacou, no entanto, que…