O Diário Oficial da Paraíba desta quinta-feira (04), trouxe a promoção ao posto de capitão, do tenente da Polícia Militar Erivaldo Moneta da Silva, que morreu após ser baleado após a fuga de 92 apenados do presídio de segurança máxima PB1, em João Pessoa.

O ato governamental atendeu a uma proposta do comandante-geral da PM da Paraíba, coronel Euller Chaves. A promoção post-mortem é retroativa e conta a partir de 10 de setembro de 2018, data da morte do policial.

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ibama inspeciona corais de praias de Cabedelo em busca de óleo

Nesta segunda-feira (14), o Ibama junto com a Secretaria de Meio Ambiente de Cabedelo realizou uma fiscalização nas praias de Areia Vermelha e Areia Dourada na busca por manchas de…

Homem morre ao colidir moto em caminhão no Litoral Sul

Na madrugada desta segunda-feira (14), um homem morreu ao colidir a moto que pilotava em um caminhão. O acidente aconteceu na PB-018, no Distrito de Mituaçu, município de Conde, Litoral…