O elevado número de acidentes envolvendo motocicletas no estado tem preocupado órgãos como o Ministério Público (MPPB), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), além representantes de unidades de saúde do estado.

No último dia 30 de setembro, uma audiência pública para debater o tema foi realizada na Assembleia Legislativa da Paraíba. Na ocasião, o PB Agora ouviu especialistas e autoridades e produziu uma série de matérias que mostram preocupação e interesse dos órgãos públicos na diminuição do número de acidentes com motocicletas.

Educação, conscientização, melhoria das estradas e responsabilidade dos motociclistas são os fatores que podem ajudar na redução de acidentes apontados pelo chefe do Núcleo Regional de Prevenção de Acidentes da PRF, Ricardo Diniz; pelo procurador de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Valberto Lira; o diretor de Operações de Trânsito da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana em João Pessoa (Semob-JP), Cristiano Queiroz; o gerente de Transportes do DER, Fleming Cabral; e pela coordenadora estadual do Programa Vida no Trânsito da SES, Gerlane Carvalho.

Saúde do Estado alerta para gravidade de lesões ocasionadas por acidentes com moto

De acordo com o maior hospital de urgência e emergência da Paraíba, o Hospital de Trauma de João Pessoa, mais de 76% dos atendimentos de trânsito na unidade são de motociclistas. Nestes seis primeiros meses de 2019, foram 3.949 vítimas.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), 88% das vítimas de acidentes envolvendo motocicleta têm idade entre 18 e 59 anos. Até julho deste ano, foram 3.455 casos pessoas nessa faixa etária que deram entrada em unidades de saúde da Paraíba. Além do risco de morrer, os acidentados podem adquirir sequelas para toda a vida.

A coordenadora estadual do Programa Vida no Trânsito da SES, Gerlane Carvalho lembra que toda vítima de acidente na Paraíba é levada para os hospitais de urgência e emergência, assim como os hospitais de trauma, que segundo ela encontram-se superlotados devido ao número de acidentes com motociclistas. Gerlane disse que o objetivo do Programa é atuar em conjunto com os órgãos de trânsito buscando a redução do número de acidentes. “O Programa trabalha em parceria com esses órgãos para poder trabalhar a prevenção desses acidentes. Tem ações que são direcionadas pelos próprios órgãos, como a PRF e a gente sempre fica encaixando na programação dos órgãos de trânsito porque eles já têm uma programação anual bem extensa”, declarou Gerlane.

A coordenadora explicou que o Programa Vida no Trânsito tem buscado expandir suas campanhas educativas através do Departamento de Trânsito do Estado (Detran-PB) e do DER, para desta forma chegar a todos os municípios. No entanto, ela alerta a necessidade de prevenção, responsabilidade na condução do veículo e, principalmente, do uso dos equipamentos de proteção obrigatórios para os motociclistas. “Muitos conduzem a motocicleta por ser um meio mais barato de locomoção, mas muitas vezes não tem prevenção adequada e nem usa os equipamentos de segurança adequados por achar que é bobagem e porque nunca foi vítima de um acidente, que infelizmente alguns são fatais ou deixam lesões graves”, concluiu.

Ainda segundo dados da SES, a maioria dos motociclistas internados no complexo hospitalar é por causa de imprudência, muitos deles não estavam habilitados, não usavam capacete no momento do trauma e admitiram ter consumido álcool antes de conduzir a moto.

 

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian sinaliza que humilhação pública terá troco: “Já aguentei muita molecagem”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL da Paraíba, sinalizou, nesse final de semana, que a ridicularização pública a que foi submetido por mais um filho do presidente Jair Bolsonaro…

Governadores do Nordeste publicam carta de repúdio contra Bolsonaro

Oito governadores do Nordeste assinaram uma carta em repúdio aos ataques feitos pelo presidente Jair Bolsonaro contra o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Em uma postagem no Facebook feita na última sexta-feira, Bolsonaro chamou Câmara…