Por pbagora.com.br

presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), e candidato a reeleição pela chapa 1, Paulo Maia,  o secretário geral da OAB-PB e candidato a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PB), Assis Almeida, se reuniram com a presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, para discutir a criação de um projeto entre as duas entidades denominado “POR UM FUTEBOL LEGAL”.

De acordo com o projeto, a Federação Paraibana de Futebol irá propor aos clubes participantes da primeira divisão do Campeonato Paraibano de 2019 um programa de descontos em entradas para os advogados e advogadas da Paraíba que estiverem em dia com a OAB. 

De acordo com Assis Almeida, o projeto será executado pela Caixa de Assistência dos Advogados, que é o braço social da OAB-PB. “Na minha gestão a Caixa, como o braço social da OAB, não pode ficar eqüidistante de seu corpo, até porque essa união, além de imposição legal, consulta aos interesses da Classe, que é ao mesmo tempo destinatária e financiadora dos seus próprios benefícios”, afirmou.

“A parceria com FPF visa resgatar e engrandecer O Futebol Paraibano, levando aos estádios de toda a Paraíba uma classe distinta de torcedores e fidelizando cada vez mais a advocacia com os times do seu Estado”, acrescentou Assis Almeida.

Já Michelle Ramalho se comprometeu com os representantes da OAB-PB a “estudar junto com os clubes paraibanos a melhor formatação desse projeto de inclusão desportiva, que será vantajoso para todos os envolvidos, tanto para os milhares de advogados e advogadas da Paraíba, como também para os clubes estaduais, tendo em vista que atualmente existem cerca de 25 mil advogados e advogadas inscritos na OAB-PB, distribuídos em todas as regiões do estado, do Sertão ao Litoral”.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, por sua vez, ressaltou que o projeto Por Um Futebol Legal tem o objetivo de tornar ainda mais próxima da OAB-PB a FPF, com os descontos incentivando o comparecimento de advogados e advogadas nos estádios paraibanos.

“Isso vai elevar o prestígio do futebol Paraibano. Levando em conta outros programas semelhantes, os descontos podem chegar a 30% ou até mesmo 50% das entradas para determinados setores do estádio como as cadeiras, a título de exemplo. Todos envolvidos irão trabalhar para que em 2019 a Paraíba tenha um Futebol Legal”, completou Paulo Maia.

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

COVID-19: Paraíba registra 1.480 novos casos e ultrapassa a marca de 500 mil pessoas vacinadas, neste sábado

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste sábado (10), 1.480 casos de Covid-19. Entre os confirmados, 108 (7,3%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.372 (92,7%) são leves.…

Paraíba amplia vacinação dos profissionais de Segurança neste fim de semana

A vacinação dos profissionais das forças de Segurança continuará acontecendo durante todo o fim de semana na Paraíba. Com a chegada de novas doses da vacina contra o coronavírus, o…