Por pbagora.com.br

As chuvas caídas este ano, elevaram as áreas verdes na Paraíba. O Estado tem mais de 70% de áreas sem seca e melhor situação do fenômeno desde 2014.

Segundo dados do Monitor das Secas, divulgados pela Agência Nacional das Águas (ANA), a parcela do território paraibano sem seca saltou para 74,18% em julho deste ano.
O levantamento aponta que essa é a melhor situação do fenômeno no estado desde o ano de 2014. Em julho as áreas sem seca na Paraíba saltaram de 45,29% para 60,37%,

O estudo indica ainda que as chuvas em julho variaram de normal, na parte oeste, a ligeiramente acima da média, na porção leste. Com precipitações de até 100 milímetros acima da média, houve melhora nos indicadores do fenômeno que levaram ao recuo da seca fraca em parte do Agreste e da Mata paraibanas.

Somente nos meses de junho e julho, a área sem seca no estado saltou de 60,37% para 74,18%. Nos locais em que permanecem as condições de seca, os impactos agora são de curto e longo prazo.

João Pessoa é o município paraibano onde mais choveu no primeiro semestre de 2020, segundo dados extraídos do site da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). Conforme o levantamento feito nos primeiros seis meses deste ano, a capital paraibana registrou um índice pluviométrico de 1.768,5 milímetros.

A cidade ultrapassou a média histórica esperada para o período, que é de 1.262,7 milímetros. A previsão do ano, que é de 1.850 mm de chuvas, também foi superada.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

7 dicas para cuidar da sua economia em 2021

O ano de 2021 será o ano de reconstrução depois de uma guerra contra uma pandemia que o mundo viveu em 2020. A expectativa é que ainda em 2021 já…

João recebe visita de cortesia do novo comandante da Aeronáutica no NE

O governador João Azevêdo recebeu, nesta sexta-feira (18), na Granja Santana, a visita de cortesia do novo comandante do Comando Aéreo Nordeste, brigadeiro do ar César Faria Guimarães. Na ocasião,…