Empreendedorismo e micro e pequenos negócios são termos que não apenas combinam entre si, mas que caminham juntos na busca pela promoção de um ambiente de negócios sustentável. Empreender é inovar e, neste sentido, o Sebrae Paraíba é o principal fomentador da inovação nos pequenos negócios. O terreno é tão fértil que, no estado, existem 44.978 mil micro e pequenos negócios, de acordo com dados da Receita Federal contabilizados até setembro deste ano.

 

O total refere-se a empreendimentos e microempreendedores optantes do Simples Nacional, regime diferenciado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos. Contando com os microempreendedores individuais (MEIs), o total de empreendimentos chega a 150.529 mil, conforme o órgão. Na próxima sexta-feira (5), comemora-se o dia da micro e pequena empresa em todo o país.

 

Considerando o período de fevereiro até setembro deste ano, o Sebrae Paraíba contabiliza o nascimento de 11.318 novos negócios no estado – uma alta de 8,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Destes, 3.367 são de micro e pequenas empresas, enquanto 7.951 são microempreendedores individuais.

 

“As micro e pequenas empresas têm um papel fundamental na economia de qualquer estado. Além delas representarem o maior número de negócios formais, são também as responsáveis por uma grande fatia do faturamento das empresas e que contratam boa parte da mão de obra disponível. Por isso, o Sebrae se põe lado a lado desses negócios para que eles possam crescer, cada vez mais, com sustentabilidade, inovação e de forma responsável”, afirmou o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar.

 

Micro e pequenos negócios estimulam mercado de trabalho

A geração de empregos pelas micro e pequenas empresas é um dos seus grandes trunfos. De acordo com os últimos dados do Anuário do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, 52,7% da massa de salários do mercado formal na Paraíba é composta pelos pequenos negócios. Além disso, os pequenos negócios têm participação de 29,7% do Produto Interno Bruto (PIB) da Paraíba, ou seja, quase 30% das riquezas geradas no estado.

 

Dados de pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que tem como base informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), revela que, na Paraíba, de janeiro a agosto de 2018, as micro e pequenas empresas criaram 3.773 postos de trabalho formais, enquanto as médias e grandes empresas registraram um saldo negativo de 1.036 empregos com carteira assinada no mesmo período.

 

 

O setor de serviços é o que mais se destaca na geração de empregos entre as micro e pequenas empresas, com 2.698 postos de trabalho criados. Em seguida, estão os setores da agropecuária (604 postos) e comércio (416 postos). “Esses números e percentuais demonstram a importância das micros e pequenas empresas no cenário econômico social. Merecendo, portanto, em todos os aspectos, um tratamento diferenciado para que possam continuar promovendo o desenvolvimento econômico e social do nosso país”, afirmou Antônio Gomes de Lima, presidente da Federação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estrado da Paraíba (FEMICRO/PB).

 

PB Agora com informações do Sebrae

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VÍDEO: Patrícia e Bruno abrem jogo sobre demissão da Cabo Branco e reconciliação

Em seu mais novo projeto de trabalho, o canal ‘ParalElas’, no Youtube, a jornalista Patrícia Rocha entrevistou seu esposo, o também jornalista Bruno Sakaue. Recentemente, o casal de apresentadores da…

Sérgio Moro autoriza envio da Força Nacional de Segurança para a PB

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao Governo da Paraíba por um período de 90 dias.…