O governador José Maranhão participou nesta segunda-feira (6), em Brasília,
no Palácio do Planalto, do encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva
com governadores e prefeitos contemplados com obras da segunda etapa do
Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). De acordo com o governador
Maranhão, no PAC2 a Paraíba foi contemplada com obras de abastecimento
d’água, esgotos sanitários e na área de habitação.

Na área da Cagepa – Companhia de Água e Esgotos da Paraiba – O PAC2 aprovou
seis projetos do grupo 1 e três projetos do grupo 2, nas áreas de
abastecimento d’água e esgotamento sanitário, com recursos em torno de R$
114,7 milhões.

Do grupo 1 apresentado pela Cagepa, o Governo da Paraíba aprovou projetos de
esotamento sanitário para os bairros de José Américo, Valentina Figueiredo e
praias do Seixas e Penha, totalizando R$ 33,421.576,83. Em abastecimento
d’água João Pessoa foi contemplada com R$ 30.457.763,35 para melhorias nos
reservatórios 1, 2, 6 e 11, e melhorias na Estação de Tratamento d’Água de
Gramame. Em Santa Rita uma barragem de nível vai ser construída com recursos
de R$ 1.671.511,78.

Com relação aos projetos do grupo 2 enviados pela Cagepa ao PAC2, foram
aprovadas três obras de esgotamento sanitário para as cidades de Cabedelo
(R$ 32,4 milhões); Cajazeiras (R$ 11,5 milhões) e Guarabira, com recursos
da ordem de R$ 5,4 milhões. Os três projetos somam R$ 49,3 milhões. O
Governo Maranhão aprovou ainda projeto na área de habitação. A Comunidade
Laranjeiras, em Campina Grande será urbanizada.

*Lula* – Em seu pronunciamento o presidente Lula estimulou os governantes a
trocarem a “choradeira” por “projetos” na hora de pedir dinheiro ao governo
federal. O encontro reuniu centenas de prefeitos e diversos governadores. O
presidente disse ainda que o PAC2 tem muito mais dinheiro e, com bons
projetos, prefeitos e governadores conseguirão liberar recursos.

Um apelo do presidente foi no sentido de que o Brasil precisa
vencer a dengue. Lula aconselhou que governadores e prefeitos realizem
mutirões de limpeza e assim combatam o mosquito da dengue, sobretudo neste
verão. Ainda sobre a doença Lula citou que os estados do Acre, Rondônia,
Amazonas, Roraima, Bahia, Pernambuco, Ceará, Sergipe, Piauí, Rio de Janeiro,
Maranhão e regiões de São Paulo e Minas Gerais são áreas que apresentam
maior risco.

 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inscrições para 13 mil vagas em cursos profissionalizantes do Paraíbatec estão abertas

Estão abertas até 30 de novembro as inscrições para 39 cursos profissionalizantes em 70 municípios da Paraíba do programa Paraíbatec da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e…

Secretário de João minimiza divergências na base aliada: “Insatisfações são naturais”

Secretário de Articulação Política do Governo João Azevêdo (PSB), o deputado licenciado João Gonçalves (Podemos) adotou um tom pacificador para minimizar qualquer ensaio de ‘crise’ dentro da base aliada na…