Por pbagora.com.br

Tachado de asqueroso, medroso e até tribufu pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na noite de ontem, durante convenção, o deputado estadual e pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Walber Virgolino, do Patriotas, reagiu às críticas do socialista, o qual acusou de ser um criminoso, presidiário, além de ter as mãos sujas de lama e até de sangue.

OUÇA O ÁUDIO DE RC

 

Segundo Virgolino, Ricardo adota um vocabulário de criminoso, até porque chefiou e chefia a maior organização criminosa de desvio de dinheiro público não apenas da Paraíba, mas também do Nordeste.

“O ex-governador parece que não aprendeu a lição e tenta entrar na política baixando ainda mais o nível que ele já baixou com sua prisão. Parece que aprendeu muito no cárcere, o linguajar, o vocabulário criminoso ele tem usado de forma constante. O governador esquece que ele chefia e chefiou a maior organização criminosa de desvio de dinheiro público que a Paraíba e o Nordeste já viu. Ele não tem credibilidade nem legitimidade para atingir ninguém, muito menos a mim, que tenho um passado limpo, tenho história limpa. Ele tem as mãos sujas de sangue e sujas de lama, porque ele é acusado de vários crimes”, disparou.

OUÇA

 

Mais cedo foi a vez do deputado federal e também pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Ruy Carneiro (PSDB), reagir às declarações de Coutinho ao ressaltar que Ricardo era um presidiário que rouba e quem rouba também mente.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em CG, mais um vereador deve integrar trio de desistentes da reeleição

Não é apenas na cidade de Areia, brejo da Paraíba, que mais da metade dos vereadores com mandato abriram mão do instituto da reeleição no pleito eleitoral deste ano. Em…

PB realiza pesquisa inédita no Brasil para avaliar situação do coronavírus no estado

O Governo do Estado da Paraíba realizará um levantamento pioneiro no Brasil para avaliar a situação do estado na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre os dias 3 de novembro…