A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: O “gado” muge nas mídias sociais atribuindo aumento do gás a João Azevedo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Uma das marcas registradas da gestão do presidente Jair Bolsonaro é a notícia falsa. A chamada fake news. Dizem até que durante a campanha presidencial Bolsonaro já mantinha um time de primeira especializado em produzir e disseminar mentiras, para enganar a população brasileira.

Pelo visto, a turma que segue Bolsonaro tomou gosto pela notícia falsa, pela mentira. Algumas disseminadas por pura desinformação, mas a maioria por má fé.

Na Paraíba, a mais recente das notícias falsas é a que tomou conta das mídias sociais e grupos de whatzap nas últimas horas, atribuindo ao governador João Azevêdo (pasmem!) a culpa pelos aumentos do preço do gás de cozinha.

Ora, o preço do gás de cozinha é estabelecido no plano nacional e, portanto, governador nenhum tem poder para alterar, seja pra cima ou pra baixo. Estas alterações têm a ver, sim, com uma política de preços adotada pela Petrobrás.

Mas os bolsonaristas tentam convencer a todos que o aumento do preço do gás tem a ver com o ICMS.

Em tempos de gás a preço de banana, já havia cobrança de ICMS nas mesmas proporções.

Não tem nada a ver.

Promessa
O presidente Jair Bolsonaro, com o reforço do ministro Paulo Guedes, desde há muito havia anunciado que o preço do gás de cozinha cairia pela metade. Significa, portanto, que a preço da época da promessa, o gás de cozinha deveria estar custando em torno de R$ 30,00.

Ora, se os governadores fossem os responsáveis pela política de preço do gás de cozinha, como seria possível o presidente da República fazer tal promessa?

Acontece é que deu tudo errado. Jair Bolsonaro junto com Paulo Guedes não conseguiram cumprir a promessa de reduzir pela metade o preço do gás.

E os seguidores do bolsonarismo são assim: para livrar a cara do “mito”,
são capazes de tudo. Inventam, distorcem, mentem.

Turismo
Uma comitiva da Empresa Paraibana de Turismo e do trade local iniciou nesta segunda-feira (14) mais um Roadshow. Desta vez, passando pelas cidades do Recife (PE), Natal (RN) e Mossoró (RN), contando com a adesão de representantes da cidade de Cabaceiras (PB).

A primeira etapa da ação de divulgação terminou na noite da última sexta-feira (11), em Caruaru (PE). O grupo que saiu de João Pessoa é integrado por técnicos da PBTUR, gerentes comerciais de hotéis e representantes das prefeituras de João Pessoa, Campina Grande e Conde passaram por quatro cidades de quatro estados do Nordeste – Salvador (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL) e Caruaru (PE) – apresentando os principais pontos turísticos e infraestrutura hoteleira paraibana para mais de 210 agentes de viagens que atuam junto a Masterop Operadora.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe