O pior de tudo, nestes tempos de estupidez que tomou conta do Brasil, é que o presidente Jair Bolsonaro, seus fiéis seguidores – e até apoiadores – escolheram a educação e o saber como alvos prediletos de seus ataques. Nada poderia ser pior. Nem mesmo a incompetência notória e assumida de Sua Excelência o “mito”: ele mesmo já declarou que não nasceu para ser presidente, e sim para ser militar

Está claro que o projeto de poder e governo que se instalou em Brasília,em janeiro deste ano,elegeu a educação como alvo principal de demolição, como sendo o seu principal “inimigo do País”. Para onde vamos, e qual será o futuro desta nação?!

As perspectivas para este Brasil atual são as piores possíveis. Afinal, o que se esperar de um País cujos mandatários escolheram para inimigos a educação e o saber? Qual a capacidade que tem um País de ignorantes para competir sequer no seu continente, muito menos com as grandes potências mundiais?

O projeto da estupidez e da ignorância que se instalou em Brasília ficou muito claro naquele episódio emblemático de Curitiba, em que manifestantes bolsonaristas partiram pra cima, arrancaram e rasgaram uma faixa“Em Defesa da Educação”. Ali, tudo ficou dito e claro; ficou mais que evidente para que Jair Bolsonaro veio…

Na sequência, vieram os ataques às universidades, a redução de verbas para o “inimigo” dos de plantão etc e tal.

Está mais do que evidente de que o Governo Jair Bolsonaro elegeu como os dois principais inimigos a Educação e… a região Nordeste do Brasil.

Ou alguém tem dúvida?!

Mais recente

O mais recente ataque ao saber, da parte de um bolsonarista, partiu do deputado Julian Lemos (PSL), em entrevista ao jornalista Heron Cid, no programa Frente a Frente, na segunda-feira (12/08).

Conforme foi amplamente foi divulgado nas emissoras de rádio e nas redes sociais, o parlamentar teria declarado que as pessoas iam pras universidades, não para serem preparadas, bem formadas, mas para de lá saírem de cabelos pintados de vermelhos e fumando maconha.

A reação foi automática. O povo reagiu nas emissoras de rádio contra a infeliz declaração do parlamentar.

Melhores do mundo

Com esta declaração, o deputado Julian Lemos demonstrou que não acompanha os fatos, não sabe o que está acontecendo na Paraíba, estado pelo qual foi eleito. Ele não sabe, por exemplo, que a Universidade Federal da Paraíba e a Universidade Federal de Campina Grande aparecem entre as melhores instituições de ensino superior no mundo, conforme o Centro de Classificações Universitárias Mundiais (Center for World University Rankings – CWUR).

Que Deus nos proteja!!!

 

Wellynton Farias
PB Agora

Total
12
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Desembargador determina novas buscas e apreensões no caso da Operação Calvário

O desembargador Ricardo Vital de Almeida determinou a expedição de novo mandado de busca e apreensão, com afastamento de sigilo telemático, no bojo da Operação Calvário, com a finalidade de…

Publicado decreto que regulamenta o trabalho temporário

O decreto que regulamenta o trabalho temporário, e que trata a Lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, está publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (15).…